16/11/2017 às 06h00min - Atualizada em 16/11/2017 às 06h00min

40% dos eleitores ainda não têm o cadastro biométrico

O recadastramento é obrigatório e deve ser feito até o dia 9 de fevereiro

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER
Segundo Antônio Carlos Barosi Júnior, o número de pessoas que passam pelo cartório diariamente tem diminuído / Foto: Vinícius Romario

 

Em Uberlândia, pouco mais de 40% do eleitorado ainda não fez o recadastramento biométrico obrigatório. Até o dia 9 de novembro, 290.524 pessoas aptas a votar já haviam passado pelo Cartório Eleitoral e realizado o procedimento, de um total de 491.122 eleitores, ou seja, 59,1%. O prazo final para a atualização que começou em setembro de 2015 é dia 9 de fevereiro de 2018. Os agendamentos podem ser feitos pela internet ou pelo telefone (veja abaixo).

De acordo com o coordenador da central de atendimento ao eleitor em Uberlândia, Antônio Carlos Barosi Júnior, o número de pessoas que passam pelo cartório diariamente tem diminuído. Até agosto desse ano a média de biometrias feitas por dia era de 1,7 mil, agora, segundo Antônio, 1,1 mil eleitores são atendidos diariamente.

“Temos sentido o movimento mais fraco e trabalhamos com objetivo de que pelo menos 80% do eleitorado tenha realizado o recadastramento até fevereiro, mas também esperamos que esse número seja maior”, afirmou Antônio Barosi.

Para isso, o atendimento ao eleitor tem sido ampliado. Inicialmente o horário para fazer a biometria era das 12h às 18h, e, há cerca de um ano, passou para o período das 10h às 18h. Nos próximos dias, de acordo com Antônio Barosi, o cartório deverá funcionar das 8h às 18h. “Mas é preciso que o eleitor chegue até às 17h30”, diz. Mutirões em fins de semana e feriados também deverão acontecer.

Sobre os agendamentos, Barosi diz que há vagas para o mesmo dia. “Como temos estrutura para atender 1,7 mil pessoas por dia e estamos atendendo 1,1 mil, sobram vagas. Quando acontece isso, também atendemos eleitores que não agendaram horário”, ressaltou.

 

PERDEU O PRAZO

O prazo para o recadastramento biométrico se encerrará no dia 9 de fevereiro de 2018, porém, ainda haverá oportunidade até o inicio de maio. Esse prazo é utilizado pelos cartórios eleitores para resolver irregularidades ou pendências do eleitorado. “Se a pessoa precisa atualizar alguma informação, por exemplo, tem esse período de atendimento, então, também atenderemos quem precisa realizar a biometria”, afirmou Antônio Barosi.

 

EM DIA

Eleitores procuram evitar filas no fim do prazo

A doméstica Aldeni Graciano Ferreira esteve na última terça-feira no Cartório Eleitoral para providenciar o recadastramento biométrico após fazer o agendamento pelo telefone na semana passada. “Escolhi o dia de hoje [terça] porque estava livre e o atendimento foi bem rápido. Melhor não deixar pra última hora, quando sempre há filas”, disse Aldeni Ferreira.

O empresário Márcio Alessandro da Rocha Vaz também preferiu fazer o recadastramento biométrico com antecedência prevendo dificuldades e filas próximas ao período final. “Agendei pela internet na segunda-feira (13) e já vim hoje [anteontem]. Sabemos que o brasileiro deixa tudo para a última hora e tudo fica mais difícil. Dou a dica para o pessoal vir agora, quando o atendimento dura somente uns 30 minutos”, afirmou Vaz.

 

DOCUMENTOS

É necessário que o eleitor leve um documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteiras profissionais) - exceto carteira de motorista e novo passaporte, para os que forem requerer o título pela primeira vez; comprovante de endereço (conta de água, luz, telefone, etc), preferencialmente em nome do eleitor, emitido nos três meses anteriores à data de comparecimento; título eleitoral e CPF (se possuir); e comprovante de quitação com o serviço militar (para os eleitores do sexo masculino, maiores de 18 anos, que forem fazer o título pela primeira vez). 

 

AGENDAMENTO

Pela internet ou pelo telefone: Disque-Eleitor (148)


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »