09/11/2017 às 13h55min - Atualizada em 09/11/2017 às 13h55min

Procon Online facilita atendimento à população

Plataforma foi implantada neste ano e superintendência registra resultados positivos

DA REDAÇÃO

Em operação desde o início deste ano, o Procon Online tem causado uma revolução nos serviços prestados pela Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) em Uberlândia. As solicitações que só eram feitas presencialmente, agora acontecem via internet. Com isso, houve uma redução significativa no tempo de espera na sede do órgão e os atendimentos presenciais passaram a ser muito mais esclarecedores.

Pelos formulários da internet basta que o consumidor repasse informações pessoais e sobre o problema. Durante o preenchimento é exigido nome completo, número do CPF, endereço, CEP, telefone, e-mail, se é servidor público, se tem renda fixa, nome e CNPJ da empresa credora, natureza e dados complementares da dívida.

A plataforma digital facilitou a negociação de questões financeiras, um dos assuntos mais recorrentes no órgão. Com o Procon Online, após preencher o formulário, a Superintendência abre uma Carta de Investigação Preliminar (CIP) e envia à empresa credora. Caso queira negociar, ela deve apresentar uma proposta em até 10 dias para o consumidor.

Em seguida é feita a negociação entre as parte envolvidas. Somente quando não ocorre solução é que o Procon encaminha o caso para as esferas competentes, sendo elas a Defensoria Pública, o Juizado Especial ou a justiça comum. “No início do ano o Procon era muito procurado para questões financeiras. Hoje isso mudou e estamos com outro perfil de consumidor que vai até a sede”, disse a superintendente do Procon, Chelara Freitas.

Casos como contestações, solicitações de reembolsos, cancelamentos de contratos ou compras devem ser feitos na sede do Procon, para que sejam agendados os atendimentos e a apresentação de documentos. A sede do Procon fica na avenida Afonso Pena, 1.612, bairro Nossa Senhora Aparecida.

Para usar o Procon Online, acesse clicando aqui.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »