27/10/2017 às 16h38min - Atualizada em 27/10/2017 às 16h38min

Procura por pacotes de viagem continua em baixa

Agências ainda sentem mercado indefinido devido à falta de ofertas

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER
Para agente de viagem Bernardo Mesquita, consumidor espera por promoções para comprar pacotes neste final de ano / Foto: Vinícius Romario

 

Mesmo com a chegada do fim de ano, as agências de turismo de Uberlândia ainda vivem uma indefinição em relação ao mercado. De acordo com os profissionais da área, já existe procura por pacotes de viagem para o fim de 2017, principalmente para a virada de ano, mas ainda não é possível prever qual será o saldo final, em comparação ao mesmo período do ano passado.

A motivação dessa incerteza, ainda segundo os agentes de viagem, seriam as poucas promoções oferecidas pelo setor e as altas tarifas cobradas pelas empresas áreas. Em relação aos destinos, o Nordeste do Brasil, América do Sul e Caribe continuam sendo os preferidos dos uberlandenses.

O agente de viagens Bernardo Mesquita trabalha em uma empresa de turismo no Centro, e, de acordo com ele, se não houver mudanças nos valores oferecidos pelas empresas e hotéis, o movimento no setor ficará abaixo do registrado em 2016.

“Mesmo com as opções de parcelamento, os clientes têm esperado por condições e pacotes melhores, já que no ano passado tivemos boas promoções, o que não vem acontecendo neste ano. Além disso, com a tarifa de transporte aéreo mais cara, a parcela também fica mais cara”, disse Mesquita.

Em outra agência, no bairro Tabajaras, zona sul da cidade, há a expectativa de que a pequena procura neste momento gere bons negócios mais para frente. “Se sentimos essa baixa, as empresas áreas e os hotéis também sentem. É aí que eles podem começar a oferecer boas promoções e quem deixou para fechar de última hora, pode se dar bem”, afirmou o agente de viagens Lucas Resende.

Ainda segundo ele, essas promoções devem contemplar pacotes e opções de viagens com qualidade inferior a viagens programadas com antecedência. “Caso isso se confirme, pode haver um aumento de até 15% em relação ao mercado no fim do ano passado.”

 

DESTINOS

De acordo com os agentes de viagem, o Nordeste do Brasil continua sendo o principal destino dos uberlandenses na hora de viajar. Em algumas agências, o local representa 80% dos pacotes comercializados. Porto Seguro, no Sul da Bahia, é a cidade preferida pelas opções de preço e deslocamento.

“É uma cidade que só perde para São Paulo no número de leitos disponíveis, o que, por si só, já abre possibilidades de ótimos preços. Além disso, temos voos diretos saindo de Uberlândia e o destino conta com entretenimento para todo mundo, famílias, solteiros e grupos de amigos”, afirmou o agente de viagens Lucas Resende. Ele lembra também que os cruzeiros têm tido boa procura.

Já o agente Bernardo Mesquita destaca que, além do Nordeste, o exterior também tem sido lembrado pelos uberlandenses. “A América do Sul em geral e o Caribe têm oferecido boas opções para os turistas e são destinos muito bem recomendados”, disse.

Sobre os cruzeiros, Flávio Paes Leme, proprietário de uma agência de viagens no Centro de Uberlândia, afirmou que tem havido um novo aumento na procura. “Todo o setor de viagens foi fraco em 2016 devido à crise. Agora, com a retomada da economia, é uma opção que tem agradado novamente aos uberlandenses”, afirmou Leme. 

 

PACOTES

Natal ou Réveillon para uma pessoa – uma semana de hospedagem e aéreo

Porto Seguro (BA) – a partir de R$ 3,2 mil

Ilhéus (BA) – a partir R$ 3 mil

Natal (RN) – a partir de R$ 2,8 mil

Buenos Aires (Argentina) – a partir de R$ 2 mil

Cruzeiro saindo de Santos, passando por Rio de Janeiro, Salvador e Ilha Bela – a partir de R$ 2,4 mil


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »