09/10/2017 às 17h42min - Atualizada em 09/10/2017 às 17h42min

Empresário é sequestrado após sair de restaurante

Jovem é conhecido por ser investidor e tinha dado palestra na cidade

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER

Um empresário de 27 anos foi sequestrado na madrugada do último sábado após uma confraternização no bairro Mansões Aeroporto, na zona leste da cidade. A vítima veio a Uberlândia para fazer uma palestra sobre investimentos e deixava um restaurante quando foi abordada por dois homens armados, que a fizeram entrar em um veículo. O jovem foi solto na madrugada de domingo na BR-365.

O empresário é um investidor reconhecido na área de bitcoins, uma moeda virtual. De acordo com testemunhas, ele tem grande rendimento e sempre divulga o quanto já arrecadou no mercado. A suspeita é de que pessoas que assistiram à palestra tenham arquitetado o crime.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima e outras pessoas saíam de um restaurante na rua Pirineus, por volta das 4h30, quando um veículo Fiat Uno com dois ocupantes parou em frente ao local. Um homem encapuzado e armado desceu do carro e mandou que as pessoas próximas se afastassem. Antes de fugirem com a vítima, os criminosos ainda teriam dado um tiro para cima.

Testemunhas afirmaram aos policiais que o empresário teria dito por diversas vezes que estava sendo seguido pelas ruas de Uberlândia, e que, inclusive, teria anotado a placa de um veículo no dia anterior.

As testemunhas informaram também que, no momento do crime, a vítima deixou o celular cair ao chão, mas foi obrigada pelos criminosos a pegar o aparelho. As testemunhas ainda disseram desconfiar que os sequestradores queriam obrigar o empresário a transferir os bitcoins para conta de terceiros, uma vez que o procedimento pode ser realizado com o uso de aparelho celular por meio de códigos e senhas.

O empresário foi encontrado por volta das 2h30 da madrugada de domingo, com diversos hematomas e sintomas de que estava dopado. Aos policiais, a vítima disse que foi obrigada a beber um líquido e foi vendada logo após entrar no veículo. Ele ainda informou que, quando acordou, estava amarrado e a todo o momento sofreu ameaças e foi torturado.

Segundo a vítima, os criminosos queriam que ele passasse uma senha para que pudessem fazer uma transferência bancária. Após fornecer esses dados, o jovem foi solto pelos suspeitos.

O empresário foi levado para um hospital particular da cidade onde foi medicado e teve alta. Não foi informado se os suspeitos subtraíram algum valor da vítima. A Polícia Civil irá investigar o caso.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »