23/09/2017 às 05h12min - Atualizada em 23/09/2017 às 05h12min

Família Guilherme pode voltar à FMF

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Adriano Aro é candidato único à presidência / Foto: Divulgação

 

O secretário-geral da Federação Mineira de Futebol (FMF), Adriano Aro, protocolou nesta semana, na sede da entidade, em Belo Horizonte, a inscrição de sua chapa, “Futebol Fortalecido”, para concorrer à presidência da entidade.  Aro terá como vice o atual presidente, Castellar Guimarães Neto, que não tentará a reeleição. 

Embora Castellar não confirme, corre nos bastidores do futebol nacional que ele que se dedicará ao seu grande foco, que é de se candidatar futuramente à presidência da CBF. Castellar é atualmente integrante do Comitê “Players Status”, da FIFA. A Comissão, criada na recente reforma da instituição é a responsável por monitorar a situação dos jogadores em relação às normas de registro e transferências, além de litígios envolvendo atletas e clubes.

Os interessados em concorrer ao pleito da FMF tinham até o final da tarde de ontem para protocolar as chapas, porém ninguém mais apareceu. A eleição está marcada para o dia 19 de outubro, mas quem for eleito só tomará posse em junho do ano que vem.

Se confirmado a posse de Adriano Aro em outubro, a família Guilherme voltará ao posto máximo da FMF depois de 15 anos. Aro é neto de José Guilherme Ferreira, filho de José Guilherme Ferreira Filho e sobrinho de Elmer Guilherme Ferreira, que juntos, dominaram a Federação Mineira por mais de 30 anos, época do chamado coronelismo na entidade máxima do futebol mineiro.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »