21/09/2017 às 05h50min - Atualizada em 21/09/2017 às 05h50min

Ação educativa orienta comércios irregulares

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER
Ação dos bombeiros foi feita no Centro da cidade / Foto: Divulgação

 

O Corpo de Bombeiros deflagrou ontem, em Uberlândia, a terceira etapa da Operação Alerta Vermelho, realizada de forma educativa e com o intuito de orientar estabelecimentos comerciais que não estejam regulares a buscarem regularização. Foram empenhados 34 militares divididos em duplas. 

Ontem, entre 7h30 e 13h, 180 estabelecimentos comerciais do Centro da cidade foram visitados. Desse total, em 99 foram encontrados irregularidades, sendo as principais obstrução da saída de emergência e falta do alto de vistoria do Corpo de Bombeiros. As primeiras etapas da operação aconteceram em junho e agosto, em que mais 326 estabelecimentos foram vistoriados, também no Centro. 

“Muitos deixaram vencer ou abriram novos negócios e ainda não passaram pelos trâmites necessários. Outros problemas encontrados também são fáceis de resolver e podem ser corrigidos no momento, como desobstruir uma saída de emergência”, disse o tenente Gustavo Moraes Falcão.

Depois de vistoriados, os estabelecimentos irregulares são visitados novamente pelo Corpo de Bombeiros, que os notifica para que se regularizem. “Já temos feitas as notificações dos comércios visitados nas primeiras etapas e começaremos a fazer as novas notificações agora”, afirmou Falcão.

Após a notificação, o proprietário do estabelecimento tem 60 dias para se regularizar ou pode ser multado. 

Ainda segundo Falcão, as próximas etapas da operação, previstas para os próximos meses, deverão acontecer em outras regiões da cidade. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »