12/09/2017 às 16h50min - Atualizada em 12/09/2017 às 16h50min

Setor da construção civil se reúne em evento

DA REDAÇÃO

Representantes da cadeia produtiva da construção em Minas Gerais participam, até amanhã, da 14ª edição do Minascon. O evento, que começou na noite da última segunda-feira, no Center Convention, acontece pela primeira vez fora da capital mineira. A realização é da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), em parceria com a Fiemg Regional Vale do Paranaíba e sindicatos da Indústria da Construção Civil.

Esta edição do evento conta com 80 estandes de empresas do setor, uma mostra de máquinas pesadas, dois concursos – A Ponte e de de TCCs, com participação de estudantes das universidades e escolas do estado, além de diversificada programação técnica. “O Minascon é uma referência e uma vitrine para as empresas da região. Geraremos negócios e fomentaremos ainda mais os segmentos da construção mineira”, afirmou o presidente do Sinduscon-TAP, Pedro Spina.

 

PALESTRA

A abertura do Minascon 2017, na noite da última segunda-feira, contou com palestra do economista Claudio Frischtak. Ele traçou um panorama para os próximos dois anos no Brasil, destacando aspectos positivos, pontos de atenção e oportunidades de desenvolvimento. “O cenário que prevemos é de crescimento para este ano e para 2018, com aposta de desinflação, aumento real de renda da população e redução sustentável dos juros”, afirmou. Em 2017, aposta em crescimento do PIB brasileiro em 1% e para os 12 meses seguintes, 3%.

Frischtak destacou os problemas fiscais do país como uma questão-chave para que esse crescimento se transforme em algo sustentável para depois de 2018. “É preciso solucionar esse rombo, reduzindo a relação dívida bruta-PIB”, pontuou. Para o economista, a saída só será viável com investimento privado. “Com os juros menores, isso fica, naturalmente, mais viável”, disse. 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »