01/09/2017 às 17h33min - Atualizada em 01/09/2017 às 17h33min

Campanha irá arrecadar livros para instituições

DA REDAÇÃO

Campanha para arrecadação de livros em Uberlândia que começa nesta segunda-feira (4) abre a contagem regressiva para realização do segundo Encontro Literário do Cerrado (Elicer), que acontecerá de 26 a 30 de setembro, no Centro de Convenções da Unialgar, no bairro Granja Marileusa. Com expectativa de público de aproximadamente 50 mil pessoas, o Elicer é considerado um dos dez maiores eventos literários do Brasil, concorrendo diretamente em público com a Bienal de Belo Horizonte. A entrada é gratuita.

Uma dentre várias atividades, a Campanha do Livro Elicer 2017 termina no dia do encerramento do evento e, posteriormente, o volume arrecadado será dividido entre instituições previamente selecionadas, desde que com fins cultural ou educacional em benefício da coletividade. São vários os postos de arrecadação espalhados pela cidade, instalados em escolas municipais e particulares, empresas e autarquias públicas. 

Além de feira de livros, o Elicer 2017 vai contar com oficinas, debates, café literário, fóruns com escritores regionais e também nomes conhecidos do cenário nacional. Serão 23 espaços distribuídos numa área de aproximadamente 6 mil m2 para a realização de atividades culturais, educacionais, empreendedorismo e geração de negócios. De acordo com o realizador do Elicer, Humberto Paes Leme, o encontro é muito mais que uma feira de livros. “As escolas públicas terão a oportunidade de apresentarem no evento suas atividades feitas em sala de aula, o que é uma condição de inclusão social. Queremos trazer também as escolas privadas e universidades para participarem do Elicer”, afirma.

Juntamente com autores regionais, estão confirmadas renomadas personalidades da literatura brasileira, tais como, Ziraldo, Eloy Zanetti (vencedor de prêmio internacional na Feira de Frankfurt, na Alemanha), Tiago de Melo Andrade, José Santos (vencedor do Prêmio Jabuti em 2016) e da literária infantil uberlandense Fernanda de Oliveira. Na edição de 2015, 38,8 mil pessoas passaram pelo evento.

A Secretaria de Estado de Educação disponibilizou para o Elicer 11,5 mil vales-livros que serão distribuídos para alunos e professores das escolas estaduais, além de transporte e lanche. Já a Editora Melhoramentos irá doar 22 mil livros para alunos da rede municipal, que terão acesso ao evento graças ao apoio da Prefeitura, que vai viabilizar a participação de estudantes. Serão realizadas cerca de 500 viagens de ônibus para o transporte de todos os alunos.

Neste ano, o Elicer terá como foco a literatura e inovação. Além do Espaço Tecnologia, em parceria com o Instituto Algar, o evento traz como novidade a transmissão via internet das atividades programadas e ainda uma caminhada literária.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »