09/08/2017 às 05h15min - Atualizada em 09/08/2017 às 05h15min

PC identifica quadrilha que agia no Triângulo

DA REDAÇÃO
Pertences de vítimas foram encontrados na casa dos criminosos / Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

O trabalho de investigação de um roubo ocorrido na Fazenda São José, em Pirajuba, no Triângulo Mineiro, levou a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) a identificar um grupo criminoso que atuava na região. A informação foi divulgada ontem pela polícia.

Na madrugada do último dia 3, indivíduos armados entraram na propriedade rural e anunciaram o assalto. As vítimas reagiram e um dos assaltantes foi baleado. Ele não resistiu ao ferimento e faleceu em uma unidade médica.

A partir dessa ocorrência, policiais civis de Uberaba iniciaram as diligências, identificando que o assaltante morto era foragido da cadeia pública de Perdizes desde 2013. Ele constava nos registros policiais como suspeito de vários roubos na região de Uberaba. Desde a sua fuga, ele não havia sido encontrado pela polícia.

De posse dessa informação e por ter conhecimento dos comparsas que agiriam junto ao assaltante morto, a equipe policial descobriu que o investigado sempre contava com a participação de filhos e do genro para cometer os crimes. Segundo a investigação, os dois filhos foram presos com o homem, em 2013, também por roubo a propriedades rurais. Naquele mesmo ano, o chefe da quadrilha, os filhos e demais integrantes do grupo renderam um agente penitenciário e conseguiram fugir da cadeia de Perdizes.

Após o crime em Pirajuba, a Polícia Civil apurou que a família do assaltante morto estaria morando na zona rural de Colômbia (SP) e montou uma operação para desarticular o grupo criminoso, somando esforços de policiais civis de Uberaba, Frutal e do estado de São Paulo. Ao chegar ao assentamento onde o grupo estava, dois homens conseguiram fugir.

Na residência, após buscas, os policiais acharam diversos materiais de origem ilícita, reconhecidos posteriormente por vítimas do grupo.  Até o momento, ao menos vinte vítimas reconheceram seus pertences no sítio vistoriado.

Os policiais encontraram diversas armas de fogo, arma de airsoft e armas de chumbinho. Foram encontradas ainda várias munições de diversos calibres. Outros objetos com suspeita de uso ilícito também foram arrecadados pela PCMG, dentre eles estavam defensivos agrícolas, maquinários agrícolas, ferramentas e televisões de última geração.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »