04/08/2017 às 14h52min - Atualizada em 04/08/2017 às 14h52min

Situação racha e eleição terá 3 chapas no Verdão

Flávio Gomide lançou candidatura ontem pelo grupo 'Avante Verdão'

EDER SOARES | REPÓRTER
Alessandro Marques garante que o seu nome ainda não é certo para encabeçar chapa da situação / Foto: Eder Soares

 

Aos poucos, os pré-candidatos às eleições para a presidência e conselho deliberativo do Uberlândia Esporte Clube, que acontecerão nos dias 21 e 28, começam a ser conhecidos.

A chapa da oposição “Novo UEC”, encabeçada pelo médico Abelardo Penna, foi a primeira a ser anunciada no começo da semana passada. Ontem, foi à vez do atual segundo vice-presidente do Verdão, Flávio Gomide, confirmar que também montará a sua chapa para concorrer ao pleito, com o slogan “Avante Verdão”. Os nome dos integrantes ainda não foram divulgados.

Com o anúncio de Gomide, confirma-se aquilo que se cogitava nos bastidores do clube, ou seja, o rompimento da situação, que terá ainda uma terceira chapa, que deverá ser encabeçada pelo atual presidente do conselho deliberativo, Alessandro Marques, ou o presidente da Vila Olímpica, Luiz Martins Neto.

Flávio Gomide divulgou uma nota na qual fala os motivos que o levou a se desmembrar do atual grupo. “Pelo bem do Uberlândia Esporte, e pelo amor gigante e dedicação gratuita que presto ao UEC, tentei incansavelmente um consenso. Fui até onde eu pude conversando com todos os líderes em potencial do clube, tentando encontrar o melhor caminho e unir forças em prol do Verdão para uma gestão honesta, transparente e arrojada, mas metade do grupo apoiou uma ideia, e a outra metade foi contra. Dessa forma, decidimos montar a chapa ‘Avante Verdão’, na qual vamos trabalhar exclusivamente pelo Verdão”, disse Flávio.

 

ALESSANDRO

O presidente do conselho deliberativo, Alessandro Marques, garante que o seu nome ainda não é certo para encabeçar a chapa da situação e que entende as razões de Flávio Gomide em lançar a sua chapa. 

“O fato do Flávio Gomide lançar uma chapa independente não significa que existe inimizade ou racha entre nós. Talvez eu definiria que cada um esteja escolhendo pessoas diferentes para caminhar juntos. De minha parte digo que só vou me pronunciar oficialmente após cumprir a obrigação como atual presidente do deliberativo de realizar a Assembleia no dia 07/08. Não gosto e não vou misturar as coisas. Existe sim uma predisposição em lançar chapa em composição com o Dr. Luiz Martins, Pedro Naves e apoio de outros da diretoria, os quais enumeraria como a maioria”, afirmou Alessandro.

Na noite de segunda-feira (7), o clube realizará uma Assembleia na qual serão discutidos assuntos como o dia da eleição, local e também sobre a formação da comissão eleitoral que fará a fiscalização da eleição.

“Temos que fazer pequenos ajustes no estatuto visando dar credibilidade à eleição, evitando assim futuros questionamentos judiciais, coisa que nunca foi feita no UEC. Não haverá nenhuma mudança que altere quem possa votar ou ser votado”, afirmou Marques.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »