25/07/2017 às 05h21min - Atualizada em 25/07/2017 às 05h21min

Adolescente é vítima de estupro coletivo em festa

Três suspeitos foram presos pelo crime; ainda há um foragido, diz PM

VINÍCIUS ROMÁRIO | REPÓRTER

Três jovens, com idades entre 20 e 30 anos, foram presos na noite do último domingo (23) suspeitos de estuprarem uma adolescente de 17 anos em Araguari. Um quarto suspeito de participação no abuso está foragido. De acordo com a Polícia Militar (PM), o proprietário da casa onde a vítima estava também foi detido, mas por tráfico de drogas.

Segundo a PM de Araguari, a suspeita é que a adolescente tenha sido dopada, pois, durante testemunho, ela afirmou não se lembrar de nada. 

Ainda segundo a PM, a vítima foi com uma amiga ao local, onde ocorria uma festa. Em depoimento, a vítima afirmou se lembrar somente de chegar à residência e beber, não tendo memórias sobre o desenrolar do evento. 

No boletim de ocorrência consta que a vítima acordou no domingo sentindo muitas dores abdominais. A mãe de um dos suspeitos, dona da casa onde a adolescente estava, conversou com a mãe da vítima, que, após buscá-la, levou-a até uma unidade hospitalar. Após exames, constatou-se que a adolescente estava com sangramento na vagina. A PM não soube informar o estado da adolescente durante o sábado. 

Após os exames, os militares foram acionados e prenderam os três jovens na noite de domingo. Durante buscas na casa foi encontrada maconha, e, por isso, o proprietário da residência também foi detido. Durante depoimento, a vítima informou a presença de mais um homem na festa. Ele ainda não foi localizado e preso. Ainda segundo a PM, dois suspeitos confessaram o estupro. 

O caso foi repassado para a Delegacia de Proteção ao Idoso, à Mulher e à Criança. A reportagem do Diário do Comércio tentou contato com a delegada responsável pelo caso, mas não a encontrou.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »