05/07/2017 às 05h47min - Atualizada em 05/07/2017 às 05h47min

Problema em aquecedor de piscina prejudica aulas

Idosos dizem que equipamento está danificado há cerca de três meses

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER
Foto: Maucia Vieira dos Reis

 

Parte dos idosos atendidos no Centro Educacional de Assistência Integrada (Ceai) do bairro Brasil, setor central de Uberlândia, está sem conseguir fazer aula de hidroginástica. Isso porque, além do frio que se intensificou nos últimos dias, o aquecedor da piscina onde acontecem as aulas está sem funcionar há aproximadamente três meses.

Segundo os idosos ouvidos pela reportagem do Diário do Comércio, mais de 300 pessoas costumavam frequentar as aulas de hidroginástica no local. Ontem, a reportagem esteve na unidade e foi informada que devido ao problema no aquecedor não estão sendo aceitas novas inscrições para as aulas de hidroginástica e também que não há previsão de quando serão aceitas novamente. 

A aposentada Maucia Vieira dos Reis é uma das atendidas pelo Ceai e, segundo ela, principalmente com frio dos últimos dias, os atendidos estão deixando de ir até o centro. “A maioria parou de comparecer. A gente pergunta, mas não informam nem uma previsão de quando o problema será resolvido”, disse Maucia. 

Eny Divina Parreira Aoki frequenta o Ceai há dois anos e, de acordo com ela, a hidroginástica é a principal atividade oferecida pela unidade. “Estamos fazendo alongamento, mas queremos poder utilizar a piscina novamente, porque os benefícios são muito maiores”, ressaltou. 

Irondina Lemes, que também é atendida pelo Ceai há dois anos, disse que a situação é muito ruim para os idosos. “A gente até queria poder fazer as aulas de hidroginástica, mas, se até quando água está aquecida o frio já atrapalha um pouco, agora, com a água gelada, fica impossível”, afirmou. 

Maria de Lourdes Oliveira Costa também fala sobre a importância da hidroginástica para os atendidos. “É o momento em que mais nos exercitamos e sentimos os benefícios. Para ser justa, continuamos fazendo outras atividades como o alongamento, mas notamos que muitas pessoas deixaram de vir após esse problema com a piscina”, disse. 

Por meio de nota a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação afirmou que já providenciou a instalação de uma nova bomba hidráulica para o aquecedor da piscina do Ceai do bairro Brasil, mas também não informou a previsão de quando o problema será resolvido nem quantos idosos são atendidos pelo Ceai do bairro Brasil.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »