03/07/2017 às 22h10min - Atualizada em 03/07/2017 às 22h10min

PM registra dois homicídios no fim de semana

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER

O último fim de semana foi marcado pela violência em Uberlândia. Pelo menos dois homicídios e uma tentativa de homicídio foram registrados pela Polícia Militar (PM) entre a madrugada de sábado (1º) e a noite de domingo (2). Todos os casos aconteceram na zona leste da cidade.

O primeiro homicídio aconteceu na madrugada de sábado, no bairro Alvorada. De acordo com a PM, a vítima Fernando Francisco dos Santos, de 35 anos, teria entrado em um comércio na rua Aristides Fernandes Moraes alegando que acabara de ser agredido. Logo em seguida, o agressor também chegou ao local e, em posse de um revolver, desferiu diversos golpes com a arma na cabeça e no rosto de Santos. 

A vítima chegou a ser levada para o Pronto-Socorro da Universidade Federal de Uberlândia (PS-UFU), mas não resistiu aos ferimentos. Aos militares, a família de Santos afirmou que ele era dependente químico. O crime também foi registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento.

O segundo caso, uma tentativa de homicídio, aconteceu na rua Manoel Gomes do Santos, bairro Umuarama, no início da noite de domingo. De acordo com a PM, ao chegarem ao local, encontraram a vítima, um homem de 53 anos, desacordado com um corte profundo na cabeça. Ao lado da vítima se encontrava um facão. Ainda de acordo com a PM, em razão do seu estado de saúde, não foi possível questionar a vítima sobre o ocorrido. As testemunhas também declararam não ter presenciado o crime, mas informaram que outras pessoas do bairro falavam que a vítima seria o autor de uma ocorrência de lesão corporal ocorrida no dia anterior. O homem foi levado para o PS-UFU, onde segue internado. O estado de saúde dele é grave, porém estável. 

No último caso, Marcos Faria de Souza Oliveira, de 24 anos, foi assassinado a tiros no bairro Morumbi, na noite de domingo. De acordo com a PM, Oliveira estava em frente à casa da namorada, na rua Inhambu, quando, por volta das 22h, um homem aproximou-se e efetuou três disparos. A vítima foi atingida na testa, costas e em umas das mãos. Ele morreu no local. 

Ainda segundo a PM, Oliveira respondia à Justiça por um homicídio cometido em dezembro do ano passado e tinha passagens por porte ilegal de arma de fogo, ameaça e agressão. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »