30/06/2017 às 05h59min - Atualizada em 30/06/2017 às 05h59min

Ariana Grande chega ao Brasil

Um mês depois da tragédia em Manchester, a cantora faz apresentações de “Dangerous Woman” no país

AGÊNCIA ESTADO | SÃO PAULO
Ariana Grande está em turnê mundial do disco “Dangerous Woman” e passou por um momento traumático em maio / Foto: Divulgação

Com show no Rio nesta quinta-feira, 29, na Jeunesse Arena, e em São Paulo em 1.ºde julho, no Allianz Parque, a cantora norte-americana Ariana Grande chega ao país pouco mais de um mês após o atentado terrorista que matou 22 pessoas ao final do seu concerto em Manchester, na Inglaterra, em maio. Reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), o ataque vitimou principalmente crianças e adolescentes.

Horas após o atentado, Ariana cancelou shows em cinco cidades da Europa e se declarou “destruída” nas suas redes sociais. O retorno aos palcos foi na própria Manchester, no começo de junho, quando a jovem reuniu um grande time de artistas para um concerto beneficente, com nomes como Coldplay, Black Eyed Peas e Miley Cyrus. 

O show em São Paulo será o oitavo da turnê de promoção do álbum “Dangerous woman” desde o atentado. Para sua realização, a segurança será reforçada e, num ato raro no Brasil, a organização da apresentação proibiu totalmente a entrada com bolsas e mochilas, que normalmente são apenas revistadas e liberadas em seguida. Outros objetos como guarda-chuvas, garrafas, lanternas e qualquer material cortante já eram e continuam proibidos.

Apesar do clima tenso, de medo, Ariana Grande promete um show animado e descontraído, sem muitas alterações no que já vinha sendo feito na turnê. Para o concerto beneficente em Manchester, a cantora revelou que chegou a preparar o show com músicas mais emocionais, sem alguns de seus hits pop. Porém, o encontro com a mãe de Olivia, de 15 anos, uma das vítimas do atentado, a fez mudar de ideia. “Ela disse para eu não chorar, que Olivia não gostaria de me ver chorando, e que ela gostaria de ouvir os hits”, revelou antes de começar a cantar um dos maiores sucessos do álbum “Dangerous woman”, “Side to side”. 

A principal diferença na lista de músicas do show é a presença do clássico “Somewhere over the rainbow”, canção imortalizada por Judy Garland em “O Mágico de Oz”. Ariana encerrou o concerto beneficente com a música, sem conseguir segurar o choro, e desde a ocasião, ela está presente em suas apresentações. 

 

SABRINA

Quem abre os shows de Ariana Grande no Brasil é a jovem Sabrina Carpenter, de 18 anos. As duas, aliás, têm origem parecida, em canais de televisão infantojuvenis. Atualmente, Sabrina estrela a série “Girl meets world”, no Disney Channel. Na música, lançou o primeiro álbum aos 15 anos e vem agora ao país com o segundo, “EVOLution” (2016).


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »