23/06/2017 às 17h25min - Atualizada em 23/06/2017 às 17h25min

Suricato encerra Concurso de Bandas

Grupo carioca faz sua primeira apresentação em Uberlândia, amanhã, com a vencedora da eliminatória de hoje

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
A banda Suricato, que fará sua primeira apresentação em Uberlândia amanhã / Foto: Fabian Alvarez/Divulgação

 

De um lado uma banda que vem conquistando cada vez mais espaço e fãs no cenário nacional. Do outro, seis bandas que buscam destaque, primeiro, dentro de sua própria região mostrando músicas autorais. A banda carioca Suricato toca pela primeira vez amanhã, em Uberlândia, no encerramento do 9º Minas Music, no estacionamento do Uberlândia Shopping, às 16h. No mesmo local e horário, hoje, seis bandas se apresentam na final do concurso: Diano Ilha, Efeito Reverso, Goma, InVersos e Pulmão Negro, de Uberlândia, e StandUp, de Uberaba.

A banda vencedora desta noite volta ao palco amanhã para um show mais completo, antes da atração principal. A banda Multus, de Uberlândia, também se apresenta no domingo. A Suricato sabe bem como é estar em uma situação como essas. Ela participou da primeira edição do reality musical “SuperStar”, da Globo, e, apesar de não ter vencido - ficou em quarto lugar - aproveitou bem a oportunidade e hoje segue mostrando o que faz de melhor: belas canções.

E foram essas canções que os levaram a uma conquista ímpar: o Grammy Latino de Melhor Álbum de Rock Brasileiro, em 2015, por “Sal-te”, segundo disco da banda que estreou com “Pra sempre primavera”, em 2012. O baixista Raphael Romano conversou com a reportagem do Diário do Comércio nesta semana e fala da expectativa de tocar em Uberlândia pela primeira vez.

“Minas Gerais é um estado tão rico musicalmente e só por isso já tem todo o meu apreço. Levar a Suricato pela primeira vez para Uberlândia em meio a um festival de bandas independentes é muito bacana por conta do intercâmbio que possibilita, a gente sabe da diversidade cultural que vocês têm e mal posso esperar para tocar aí”, comenta.

A banda está praticamente há dois anos na estrada e participou de mega-festivais como Rock in Rio e Lollapalooza. E entre um show e outro, sempre que têm um tempo livre, os músicos trabalham nas músicas que farão parte do novo CD. “Já temos muita coisa pronta e devemos lançar neste ano ainda. No show de Uberlândia, além dos sons que os fãs já conhecem e curtem, devemos mostrar umas quatro ou cinco novas. Afinal, o público é nosso melhor termômetro para medir como a canção funciona melhor”, diz Raphael. 

Para o músico, a Suricato sempre prezou pela diversidade. Apesar de estar muito ligada ao folk rock, também tem influências de artistas como Lenine, Gilberto Gil. “É uma mistura bacana do que cada um ouve, é a partir daí que firmamos nossa identidade”, finaliza Raphael. Além dele, a Suricato é formada por Rodrigo Suricato (voz, guitarras, violões, dobro, ukelele, tambura, palmas e bumbo mala), Miguel Bestard (guitarras e vocais), Thiago Medeiros (violino, trompete, teclados e vocais), Cauê Nardi (violão, viola caipira e vocais) e Cesinha (bateria e bandolim).

 

FINALISTAS

A 9ª edição do Concurso de Bandas Minas Music mantém a proposta inicial do início de valorizar os talentos de Uberlândia e região dentro do segmento pop rock. As bandas que chegaram à final passaram por uma peneira inicial com cerca de 50 outros concorrentes. Hoje elas se apresentam para um júri composto pela editora do caderno Diversão e Arte do Diário do Comércio, Adreana Oliveira, o jornalista Anderson Tissa, os produtores Lu de Laurentiz e Daniel Lopes e os músicos Paulo Júnior e Anderson Carneiro. Serão avaliados os critérios: harmonia, presença de palco, interação com o público, letra e a música. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »