06/06/2017 às 15h48min - Atualizada em 06/06/2017 às 19h01min

Mulher atropelada por ônibus tem perna amputada

A vítima passou por cirurgia e não corre risco de morrer

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER

A mulher de 58 anos que foi atropelada por um ônibus do transporte público no Terminal Planalto, zona oeste de Uberlândia, no fim da tarde de segunda-feira, teve uma das pernas amputada por causa da gravidade dos ferimentos. De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), o estado de saúde dela é estável e sem risco iminente de morte.

Joice Aline Batista é sobrinha da vítima e disse que a tia voltava da casa dos pais quando sofreu o acidente. “Até pouco tempo ela ainda morava com os pais no bairro São Jorge, mas conseguiu se mudar para uma casa no Residencial Pequis. Ela voltava da visita aos pais, estava muito feliz, e aconteceu essa tragédia”, afirmou.

Ainda de acordo com a sobrinha, apesar de ter amputado uma das pernas, a mulher está bem, consciente e conversando normalmente. 

 

ACIDENTE

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a mulher foi atropelada ao atravessar, fora da faixa, a via onde os ônibus trafegam no terminal. Ela foi atingida, caiu embaixo do veículo e acabou ficando presa entre as rodas do ônibus. Imagens que circularam em redes sociais mostram as graves lacerações na perna da vítima.

O Corpo de Bombeiros socorreu a mulher e confirmou que foi levada para o HC-UFU com fratura exposta em um dos membros inferiores. A vítima estava consciente e orientada durante o socorro, porém sentindo muitas dores.

 

POSICIONAMENTO

Por meio de nota, a Comtec, empresa administradora dos terminais urbanos de Uberlândia, informou que “lamenta o fato ocorrido nas dependências do Terminal Planalto e que colabora na apuração das circunstâncias do acidente”.

Também por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) afirmou que “será aberta uma sindicância para apurar os fatos e que tomará providências para garantir mais segurança aos usuários do transporte coletivo”.

A reportagem do Diário do Comércio também entrou em contato com a empresa Sorriso de Minas, responsável pelo ônibus envolvido no acidente. Por telefone, uma atendente disse que os responsáveis ainda estavam apurando o acontecido e, por isso, ainda não iriam se pronunciar.

 

CASO SEMELHANTE

Uma idosa de 76 anos morreu cerca de 20 dias após ter sido atropelada por um ônibus do transporte público no Terminal Central de Uberlândia, no dia 7 de março de 2015. Na ocasião, Eurípedes Gonçalves dos Reis passou por uma série de cirurgias, inclusive para amputação das pernas, que foram esmagadas no acidente. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima se desequilibrou e caiu enquanto o motorista estava com o veículo já em movimento.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »