04/06/2017 às 05h25min - Atualizada em 04/06/2017 às 05h25min

Homens são maioria entre frequentadores do parque

Pesquisa abordou outros itens e irá direcionar ações da Futel

DA REDAÇÃO
Catracas instaladas nas quatro portarias facilitaram a apuração durante os 17 dias de pesquisa / Foto: Cleiton Borges/Secom/PMU

 

A primeira fase da pesquisa 'Queremos conhecer você melhor', que a Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) realizou no Parque do Sabiá entre os dias 5 e 21 de maio, apurou um público de 88.644 pessoas que passaram nas catracas instaladas temporariamente nas quatro portarias. O registro aponta uma média diária de 5.214 frequentadores. A segunda fase será qualitativa e acontecerá ainda neste mês de junho.

A pesquisa revela ainda que durante o período de 17 dias, 59% dos visitantes registrados foram homens e 41% mulheres, e que 48% das pessoas entraram pela portaria 2 (Santa Mônica). Em relação ao horário, 37% giraram as catracas durante a manhã, enquanto 35% na parte da tarde e 28% no período da noite.

Outro dado interessante da pesquisa mostra que 24% das pessoas preferem visitar o Parque do Sabiá aos domingos. "Esta fase da pesquisa é muito interessante porque nos mostra números que não conhecíamos oficialmente. Na segunda etapa teremos pessoas identificadas dentro do parque que farão abordagens em diferentes locais e em momentos oportunos para conhecer o perfil e anseios dos nossos frequentadores, ou seja, queremos realmente conhecer você melhor. A partir dessa coleta de dados, vamos direcionar nossas ações, em função das informações coletadas. Dessa maneira iremos otimizar os investimentos e assim, teremos resultados mais positivos", disse Silvio Soares dos Santos, diretor-geral da Futel.

 

AVALIAÇÃO QUALITATIVA

Em relação à pesquisa quantitativa realizada em parceria com a Apuana Esportes, Silvio Soares disse que os números mostrados são normais e que não há nenhuma surpresa. "Durante o outono é natural haver uma redução no público, que deve crescer em até 30% durante o verão. A maior presença de público aos domingos se deve pelo fato de ser fim de semana e o parque oferecer atividades físicas, de lazer e qualidade de vida sem nenhum custo para as pessoas. Quanto à queda no número de visitantes às sextas, considero normal, mas quem sabe a realização de eventos fixos neste dia, poderá aumentar esse percentual. O direcionamento das ações futuras vai depender do complemento da pesquisa", conclui o diretor geral da Futel.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »