12/04/2017 às 08h35min - Atualizada em 12/04/2017 às 08h35min

181 registra mais de 4, mil denuncias

Levantamento mostra que quase 66% das ligações para o disque denuncia são sobre tráfico de drogas

VINÍCIUS ROMARIO - REPÓRTER
Da Redação

De janeiro de 2016 a março de 2017, Uberlândia registrou 4.436 denúncias feitas por meio do número 181. Nos três primeiros meses deste ano, 1.082 ligações anônimas ao Disque Denúncia já contribuíram com o trabalho das polícias Civil e Militar (PM) e com o Corpo de Bombeiros. Em 2016 foram 3.354 ligações. Do total de denúncias feitas no ano passado na cidade, quase 67% delas, 2.237, foram relacionadas ao tráfico de drogas. Jogos de Azar (191 denúncias) e Atividades de Bombeiros (131 denúncias) foram, respectivamente, a segunda e terceira maior causa. Desde que o serviço foi lançando, em 2008, 28.044 denúncias foram originadas em Uberlândia.

 

Esses dados foram divulgados ontem pela Secretaria Estadual de Defesa Social (Seds), que lembra que o canal de comunicação tem sigilo absoluto e anonimato garantido.

 

Em todo o Estado, conforme indica o levantamento divulgado ontem, mais de 27 mil pessoas foram presas ou recapturadas, e quase quatro toneladas de drogas foram apreendidas, entre janeiro de 2016 e fevereiro de 2017, a partir das denúncias feitas ao 181. A Seds não informou os números de prisões e apreensões relativos a Uberlândia.

 

O tráfico de drogas também é o principal crime relatado pelos cidadãos de todo o Estado. Em 2016, das 83.069 denúncias, 59% foram referentes a este tipo de crime. Em segundo lugar estão denúncias ligadas a crimes ambientais, seguidas por denúncias relativas a atividades de bombeiros (vistorias de fiscalização, em sua grande maioria).

 

Somente nos dois primeiros meses deste ano, Minas teve 3.688 indivíduos presos, 728 quilos de drogas e 181 balanças de precisão foram recolhidos, 478 armas apreendidas e 978 animais silvestres resgatados, para citar alguns exemplos.

 

Histórico

 

A Seds afirma que os números dão ainda mais relevância ao serviço quando é considerada a atuação do 181 nos últimos nove anos: são mais de 139 mil pessoas presas e 31 toneladas de drogas retiradas de circulação no Estado.

 

Desde a criação do serviço, o tráfico de drogas lidera as denúncias. Foram 411.611 ao longo desses nove anos.

 

RETRANCA: AVALIAÇÃO

 

Serviço facilita atendimento

 

De acordo com o major da PM Júlio César Cerizze Cerazo de Oliveira, a participação da população por meio do 181 vem crescendo cada vez mais em Uberlândia. Ele afirmou que teve aumento de 25% no primeiro trimestre de 2017 em relação ao ano passado. “Além disso, tem aumentado também o número de ocorrências com êxito em função desse canal de comunicação, um importante aliado que  aproxima a comunidade da PM”, disse o major.

 

Essa maior proximidade entre a população e a polícia também é observada pelo delegado da Polícia Civil Afrânio Márcio Ferreira Soares. “O 181 facilitou para as pessoas fazerem a denúncia e proporcionou maior agilidade nas investigações e na resposta à população”, afirmou. O delegado ainda considera que a criação de um canal unificado para denúncias fez com que as informações chegassem mais rapidamente e de forma correta ao órgão destinado a fazer a investigação.

 

Já para o Corpo de Bombeiros, a tenente Shirley Carvalho Neves afirmou que o 181 é muito usado em casos de denúncias sobre edificações irregulares ou que causam risco, para capturar cães e sobre depósitos irregulares de gás. “Recebemos diversas ligações relacionadas a esses casos. O 181 é um aliado importante para o nosso trabalho”, ressaltou.

 

 

RETRANCA: ORIENTAÇÃO

Casos que não devem ser registrados no 181

 

A Secretaria Estadual de Defesa Social informou que o 181 Disque Denúncia não oferece resposta imediata, já que existe um prazo de 90 dias para apurar e responder a denúncia apresentada. Quando o cidadão precisar de uma resposta rápida, como em casos de flagrante, por exemplo, deve entrar em contato direto com as corporações: Polícia Militar (190), Polícia Civil (197) e Corpo de Bombeiros (193).

 

As denúncias específicas de violência contra idosos, mulheres e pessoas com deficiência também não devem ser feitas pelo 181, mas pelo Disque Direitos Humanos (0800 031 1119). Este também é um serviço gratuito, sigiloso e que  recebe ligações de todo o Estado, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h.

 

 

Arte: Números

 

Denúncias feitas pelo 181 em Uberlândia

 

2017 - 1.082

 

2016 - 3.354 (2.237 delas relacionadas ao tráfico de drogas)

 

Em todo Estado

 

De janeiro de 2016 a março de 2017

 

- 27 mil pessoas foram presas ou recapturadas

 

- Quase quatro toneladas de drogas foram apreendidas

 

De 2008 a 2017

 

- 139 mil pessoas presas

 

- 31 toneladas de drogas retiradas de circulação.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »