31/03/2017 às 09h02min - Atualizada em 31/03/2017 às 09h02min

Camaru sedia Exposição Estadual do Mangalarga

Mais de 120 animais de criadores mineiros e de outros estados estão inscritos para a prova, que termina no sábado

Da Redação
Durante a exposição acontecem julgamentos de morfologia e marcha de animais

Acontece até sábado, no Sindicato Rural de Uberlândia, a 57ª Exposição Estadual de Minas Gerais do Cavalo Mangalarga Marchador.  O evento, promovido pela Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) e o Núcleo Marchadores do Triângulo, teve início ontem, às 8h, com julgamentos de morfologia e marcha da categoria potros.

Mais de 120 animais já estão inscritos para a prova que terá participação de criadores mineiros e de outros estados, como Goiás e São Paulo. Avaliações de morfologia e marcha de animais adultos aconteceram a partir das 14h de ontem e terão sequência hoje durante todo o dia. A conclusão desta categoria será na parte da manhã de sábado, na sequência, a partir das 14 horas, serão julgados os Grandes Campeonatos machos e fêmeas da raça, principal premiação da prova.

Na última edição do evento, também realizado em Uberlândia em 2016, com mais de 200 animais na pista de julgamentos, o título de Grande Campeão adulto da raça e Campeão dos Campeões em marcha ficou com 'Radical da Seriema', do expositor Daniel Borja, de Jaboticatubas-MG. Já a Grande Campeã fêmea adulta foi 'Quixote Vitória', do expositor Jorge Ferreira da Silva, do Haras Quixote, em Itu-SP. Entre as fêmeas, 'Ternura do Yuri', do criador Yuri Engle, faturou o título de Campeã das Campeãs em marcha.

MULTIFUNCIONAL

O Mangalarga Marchador é um cavalo de sela e obedece aos padrões internacionais. Trata-se de um animal que pode ser usado para cavalgadas, lida no campo, passeios e competições de marcha. No esporte, a raça é utilizada em enduros equestres, Team penning e Provas de Maneabilidade, Baliza e Tambores. O Marchador também é muito requisitado na equoterapia.    

A docilidade é uma das suas importantes características, permitindo que possa ser montado por crianças, jovens, adultos e idosos. Ressaltam-se ainda o rendimento, a rusticidade – um cavalo que se adapta a qualquer tipo de clima e solo – além de ser um animal resistente. O andamento, pode ser de Marcha Batida ou Picada. Trata-se de um andamento natural, simétrico, a quatro tempos, com apoios alternados dos bípedes laterais e diagonais, intercalados por momentos de tríplice apoio, que proporciona ao cavaleiro maior comodidade.

As principais características da raça definidas no Padrão Racial são: porte médio; temperamento ativo e dócil; cabeça triangular com fronte larga e plana, olhos afastados, salientes e expressivos; tronco forte, profundo e arqueado; membros corretos, bem aprumados e articulados e grande qualidade de movimentos.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »