31/03/2017 às 08h39min - Atualizada em 31/03/2017 às 08h39min

Alunos participam de atividades cívicas

Da Redação
Crianças passaram a manhã no 36º BIMtz e participaram de várias atividades

Cerca de 80 alunos da Escola Municipal Freitas Azevedo tiveram a oportunidade de conhecer a rotina do 36º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz). Na manhã de ontem, as crianças participaram do Projeto Escola de Brasilidades desenvolvido pelo BIMtz.

De acordo com o tenente-coronel Marcus Vinícius Gomes Bonifácio, o projeto surgiu do próprio interesse da comunidade em participar de atos cívicos. “A iniciativa permite aos alunos da rede pública vivenciar atividades de desenvolvimento da cidadania e amor à pátria. As crianças demonstram interesse pelo que é feito no dia a dia do Batalhão e pelas maneiras de ingresso ao serviço militar”, comentou o comandante do 36º BIMtz, que ainda presenteou a escola com uma bandeira nacional e um CD com hinos da pátria.

Durante toda a manhã, os alunos assistiram à formatura da tropa, realizaram o hasteamento do pavilhão nacional, desfilaram junto com os oficiais e conheceram os veículos blindados. Também participaram de palestra sobre símbolos nacionais, valores, atos de cidadania e atribuições dos militares no BIMtz.

Aos 10 anos, Daniele Fernanda finalmente entrou no batalhão. Ela contou que costuma passar na porta, sempre foi curiosa e quis saber o que se passa no interior. “Vim muito animada para conhecer o que os soldados fazem. Sempre tive vontade de ver o que tem aqui e me impressionei bastante com o espaço e com as atividades”, disse.

Para a diretora Lara Cristina, a visita ao quartel desperta o desejo patriótico nas crianças. “A ansiedade tomou conta deles quando organizamos a visita. Nós selecionamos a turma pela faixa etária, pois são pré-adolescentes que estão em um momento mais curioso sobre como entrar no exército”, contou.

O projeto é voltado às unidades de ensino da rede pública e acontece toda quinta-feira pela manhã. Esta é a quarta escola visitante, o que corresponde a quase 300 crianças já atendidas.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »