15/03/2017 às 08h29min - Atualizada em 15/03/2017 às 08h29min

Venda de ovos de chocolate deve ser 9,8% menor

Supermercados de Uberlândia reduziram pedidos em até 40% em comparação ao mesmo período de 2016

Letícia Petruccelli REPÓRTER*
Da Redação

A época mais doce do ano se aproxima e alguns supermercados já estão com tudo pronto para a páscoa. Mas a expectativa de vendas não está muito positiva. Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), divulgada esta semana, estima-se que este ano sejam vendidos 9,8% menos ovos de páscoa se comparado a 2016. Em contrapartida, o estudo revela que as vendas para chocolates em geral como: barras, tabletes e caixa de bombons, devem aumentar 4%, em relação ao anos passado.

Segundo Rick Miller, diretor comercial de um supermercado localizado na região central, as fábricas diminuíram a produção dos ovos. “Nós encomendamos 40% a menos de ovos de chocolates comparado ao ano passado. Mas, muitos sabores e tipos não foram fabricados este ano. Nós temos aqui apenas um ovo com brinquedo para meninas, e uma opção com objeto surpresa para meninos”, alega Miller. “Em compensação, compramos ovos mais barato, com diferença de até 15% em relação ao ano passado. Não foram todas as indústrias que abaixaram o valor. Por isso, acredito que o consumidor vai encontrar os chocolates com preços entre 5% e 10% mais baixos em relação a 2016”, contou o diretor comercial.

Fabricantes alegam diminuir a produção para não ter prejuízos após o feriado. Marcos Souza, supervisor de mercado de uma fábrica de chocolate localizada em Uberlândia, diz que os impostos aumentaram e isso encareceu o produto. Mas, mesmo assim, segundo ele, o consumidor vai encontrar o produto mais barato nas prateleiras. “Diminuímos a produção este ano e mesmo assim fizemos contratações temporárias. Apesar do aumento dos impostos, os ovos vão sair da fábrica em torno de 20% a 30% mais baratos em relação ao ano passado. Os tamanhos dos ovos estão um pouco menor, fizemos isso para poder ter a queda no valor do produto final”, contou.

 

Prejuízo

 

Alguns mercadistas estão desanimados com a data, ao ponto de não investirem na compra dos ovos de chocolate. É o caso de Mizael Gomes, supervisor de compras de um supermercado da região Leste de Uberlândia. “Este ano não vamos focar nos ovos, não está compensando. Ano passado tivemos prejuízo. Os ovos quebram, sempre sobram e é muito burocrático para devolver. Compramos duas caixas de ovos apenas para não deixar a data passar em branco”, disse. 

Um grande fator no momento da escolha entre chocolates convencionais e os ovos é o preço. A coordenadora de RH Gislei Silva afirma que não compensa comprar os ovos apenas pelo símbolo. “Para mim, a páscoa não é apenas ovos e coelhos, é a comemoração da ressurreição de Cristo, Ele deveria ser o foco de todos. Eu gosto dos chocolates, sempre compro, mas prefiro as barras que têm o mesmo sabor dos ovos e custam menos da metade do preço”, disse.

Segundo Bruno Mota, coordenador de marketing de um supermercado localizado na região Norte, a crise financeira que atingiu o país vai influenciar a escolha da população. “Acreditamos que vai ter uma migração dos ovos para barras, pois as pessoas estão economizando, não acredito que o simbolismo vai falar mais alto que o bolso. Fizemos menos pedidos, e acredito que até o domingo de páscoa nós vamos ter vendido até 70% do estoque”, relata Mota.

 

PERSONALIZADOS

Artesanais têm chamado a atenção dos consumidores mais exigentes

 

Ovos de páscoa para comer de colher são opções para quem quer presentear alguém de forma mais personalizada.

 

A beleza dos chocolates artesanais encanta até quem não é muito fã de doces. “Admito que não sou viciado em chocolate, mas os ovos artesanais não são apenas saborosos, eles são lindos. Vê-los é como olhar para uma escultura de arte. A diferença é que essa além de poder admirar, eu posso saborear”, disse o técnico agrícola Otacílio Fernandes.

Para a microempreendedora Ilta Nunes, que trabalha com produção de doces artesanais desde 2009, as pessoas procuram por ovos artesanais por querer algo personalizado, diferente. “A procura tem sido grande, somos apenas três pessoas trabalhando e fazemos em torno de 30 ovos por dia, tudo somente por encomenda. Cada pessoa escolhe o sabor do recheio da cobertura, então é um ovo bem personalizado para dar de presente”, disse.

O estudante Luiz Olímpio diz que compra ovos artesanais há três anos por causa do sabor. “Em relação ao ovo convencional é praticamente o mesmo preço, mas os artesanais têm várias opções com recheios gourmetizados. Só de comer um ovo de páscoa de colher é incrível, principalmente,  para quem ama chocolate”, disse.

 

ARTE:

 

PÁSCOA 2017

  • 48,5% dos supermercadistas prevêem que as vendas neste ano ficarão no mesmo patamar comparando com o ano anterior.
  • 39,4% acreditam vendas inferiores ao ano de 2016.
  • Apenas 12,1% esperam vendas superiores.
  • Estudo revela aumento de 4% dos pedidos para caixa de bombons, barras e tabletes.
  • Em contrapartida, ovos de páscoa em geral tiveram queda de 9,8% a menos ovos de páscoa.

Fonte: Pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados sobre a páscoa em 2017

 

  • Programa de Aprimoramento Profissional

 

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »