01/02/2017 às 08h51min - Atualizada em 01/02/2017 às 08h51min

Estoque de fitas para dosagem da glicemia é reabastecido

 

     O fornecimento de fita para dosagem da glicemia capilar para os pacientes que dependem de insulina já está normalizado no Centro Municipal de Atenção ao Diabetes (CMAD) e nas Unidades de Atendimento Integrado (UAIs). Ao todo, os estoques foram reabastecidos com 12 mil caixas e a Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF) é responsável pela distribuição das fitas.
     Para atender às necessidades da rede municipal de saúde, a Prefeitura comprou parte do material para complementar as já fornecidas pelo estado. O Centro de Atenção ao Diabetes tem cadastrado, atualmente, mais de 1,4 mil pacientes com diabetes Tipo 1 (quando o organismo produz pouca ou nenhuma insulina), que recebem de uma a duas caixas de tiras, além de seringas e lancetas, e cerca de 800 que fazem o acompanhamento da doença.
     De acordo com coordenadora do Centro de Atenção ao Diabetes, Leila Maria de Oliveira, as tiras são muito importantes para o monitoramento diário destes pacientes, principalmente, dos que são diagnosticados com o diabetes Tipo 1. “Os pacientes estavam sem receber as tiras há mais de dois meses. A falta deste material prejudica quem faz o acompanhamento, especialmente os que têm o Tipo 1 da doença. Eles precisam dosar o nível de glicose no sangue pelo menos três vezes ao dia”, explicou.   
Segundo a coordenadora da Assistência Farmacêutica da CAF, Raquel Botelho, a quantidade é suficiente para atender a rede durante os próximos três meses e, em breve, pretende-se reforçar os estoques com outros materiais. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »