16/10/2016 às 18h15min - Atualizada em 16/10/2016 às 18h15min

Confusão com auxiliar do Palmeiras acaba em cadeirada; assista ao vídeo

Funcionário de assessoria esportiva contratada pelo Verdão agride torcedores do Figueirense, que estavam revoltados com Alberto Valentim

 



Uma confusão envolvendo torcedores do Figueirense e o auxiliar-técnico do Palmeiras, Alberto Valentim, marcou a partida deste domingo, no estádio Orlando Scarpelli – vencida pelo Verdão, por 2 a 1, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Por volta de 25 minutos do segundo tempo, quando o Palmeiras vencia por 1 a 0, os torcedores locais se irritaram com a presença do profissional alviverde em uma cabine no setor coberto do estádio – restrito aos donos da casa. Alguns acusaram Valentim de ter provocado os fãs adversários. 

Quando os ânimos se exaltaram, um funcionário de uma assessoria esportiva que prestava serviços para o Palmeiras em Florianópolis arremessou uma cadeira em direção aos torcedores do Figueirense. A Polícia Militar foi acionada imediatamente.

Jornalistas que tentavam registrar os fatos também foram alvos da revolta. Ao final da partida, quando deixava o local, Valentim teve de ser escoltado por policiais. Ele negou ter provocado os rivais. Um torcedor tentou agredi-lo, mas a segurança do Palmeiras agiu rapidamente.

De acordo com oficiais ouvidos pela reportagem, o funcionário responsável por arremessar a cadeira foi levado pela PM para prestar esclarecimento – respondendo tanto pela agressão à torcida do Figueirense, quanto por depredar o patrimônio do estádio. Ele acabou liberado na sequência.



Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »