11/10/2016 às 14h15min - Atualizada em 11/10/2016 às 14h15min

Deputados querem debater manejo de capivaras nas cidades

Comissão dos Animais aprovou, nesta terça (11), requerimentos para realização de debate público, visitas e audiências.

A Comissão Extraordinária de Proteção dos Animais da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou, nesta terça-feira (11/10/16), requerimentos para realização de audiências, visitas e debate público. Uma das reuniões aprovadas, solicitada pelo deputado Noraldino Júnior (PSC), que preside a comissão, tem o objetivo de debater o manejo ético-populacional de capivaras nos centros urbanos, como forma de prevenção à febre maculosa.

A morte do estudante Thales Martins Cruz, de 10 anos, vítima da doença após contato com carrapatos em Belo Horizonte, trouxe à tona a discussão sobre o assunto. "Especialistas acreditam que o controle da população de roedores é uma alternativa eficaz para combater o carrapato e, consequentemente, evitar novas mortes causadas pela febre maculosa", argumentou o parlamentar.

Canil em Patrocínio - Noraldino Júnior pediu uma visita da comissão ao canil do município de Patrocínio (Alto Paranaíba) para averiguar as condições do local e dos animais abrigados devido a denúncias de superlotação e infraestrutura precária, que teria provocado a morte de cães e gatos. Requereu, também, visitas à 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Mariana (Região Central do Estado) e à Samarco Mineração S/A, para discutir e avaliar as condições dos animais que estão abrigados pela empresa.

O deputado solicitou, ainda, uma visita ao Centro de Controle de Zoonoses de Contagem (Região Metropolitana de Belo Horizonte) para verificar as condições físicas do local, bem como a situação dos animais abrigados em canil; apurar a veracidade das denúncias de falta de insumos e de profissionais especializados; conferir o número de castrações que estão sendo realizadas por mês, bem como o de recolhimento de animais de rua.

Leishmaniose - O deputado Fred Costa (PEN) pediu que seja realizado um debate público sobre o tratamento da leishmaniose visceral canina no Brasil. Ele também solicitou audiência para discutir políticas públicas de proteção animal desenvolvidas em Belo Horizonte, bem como a criação da Comissão de Defesa dos Animais instituída pelo artigo sexto do Decreto Municipal 16.431, de 2016.

Já o deputado Anselmo José Domingos (PTC) pediu uma visita ao Ministério Público, em Belo Horizonte, para tratar da regulamentação da Lei Municipal 10.119, de 2011, que dispõe sobre a circulação de veículo de tração animal, montado ou não, em via pública.

Consulte o resultado da reunião.



Fonte: AL MG
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »