04/10/2016 às 05h35min - Atualizada em 04/10/2016 às 05h35min

Em má fase, dupla Sobis e Ábila tem a confiança do time para voltar à rede

Elenco cruzeirense acredita na recuperação técnica dos dois atacantes, que são peças importantes na luta contra o Z-4 no Brasileiro e pelo título da Copa do Brasil

Rafael Sobis e Ramón Ábila serão apresentados pelo Cruzeiro neste domingo (Foto: Light Press)

Rafael Sobis e Ramón Ábila serão apresentados pelo Cruzeiro neste domingo (Foto: Light Press)

Rafael Sobis e Ramón Ábila foram apresentados juntos pelo Cruzeiro no início de julho (Foto: Light Press)


A dupla formada por Rafael Sobis e Ramón Ábila chegou ao Cruzeiro fazendo sucesso. Amigos fora de campo, o brasileiro e o argentino mostraram entrosamento também dentro das quatro linhas. Tanto que nas nove primeiras partidas em que começaram juntos como titulares, fizeram 11 gols, três com Sobis e oito com Ábila. A média era excelente, 1,22 por partida. Os dois foram muito importantes nos primeiros jogos de Mano Menezes na segunda passagem pelo Cruzeiro e contribuíram muito para que o time ficasse sete partidas invicto, sendo seis pelo Campeonato Brasileiro e um pela Copa do Brasil.

Os números eram bons e as atuações também. Na vitória por 4 a 2 sobre o Internacional, por exemplo, no Independência, pelo Brasileirão, a dupla foi responsável pelos quatro gols do Cruzeiro (veja no vídeo abaixo).

 



Depois da vitória por 5 a 2 sobre o Botafogo, no Rio de Janeiro, pela Copa do Brasil, os dois não funcionaram mais jogando juntos. Ábila marcou apenas mais um gol, nos 2 a 0 sobre o América-MG, mas Sobis não estava em campo. O gaúcho não balançou mais as redes desde o jogo contra o Internacional. O jejum da dupla, quando joga junta, já dura mais de um mês e tem incomodado a torcida.

O fato de voltar para ajudar na marcação tem desgastado Sobis, que foi substituído no segundo tempo nas últimas sete partidas que jogou. O cansaço tem feito o atacante gaúcho chegar com menos efetividade ao ataque. Ábila tem tido menos oportunidades de marcar, e as que vem tendo estão sendo desperdiçadas. Contra Atlético-MG, Flamengo e Grêmio, o argentino perdeu quatro chances incríveis. (veja no vídeo abaixo os gols perdidos contra o Flamengo).

 




Se a má fase da dupla contribuiu com a volta do Cruzeiro para as imediações do Z4, a confiança dos companheiros no trabalho dos dois não foi abalada. O capitão Henrique vê com naturalidade a queda de rendimento e acredita que o momento é passageiro. Para o volante, em breve os dois vão voltar a balançar as redes.

OS NÚMEROS DA DUPLA

Rafael Sobis: 17 jogos e 3 gols
Ramón Ábila: 17 jogos e 9 gols

Juntos: 13 jogos e 11 gols
(8 de Ábila e 3 de Sobis)

- Isso acontece com todo mundo. Nós sabemos que vivemos de momento. Às vezes o momento num jogo ou outro acaba não fazendo gol. Eles vivem disso, de gols. Às vezes não acaba aparecendo, mas de outra forma também são importantes, no ajuste na marcação, na contribuição de chegar ao ataque, no posicionamento, outros fatores que eles ajudam. Daqui a pouco encontram caminho do gol, acham a oportunidade, e vai voltar tudo ao normal, que é eles fazerem gol. É o momento, daqui a pouco a bola volta, bate na canela e é gol. Jogador vive disso, de momentos, o que passou não foi decisivo em gol, mas ajudaram na equipe, no seu posicionamento, e daqui a pouco voltam a brilhar com a camisa do Cruzeiro, fazendo o que eles sabem, que é gol.

O lateral Ezequiel tem o mesmo pensamento. Para ele, mesmo sem fazer gols, Sobis e Ábila estão contribuindo de outra forma dentro de campo.

- Não há problema, o grupo vê de maneira tranquila. Eles têm nos ajudado muito nos jogos, o Sobis ajuda a marcar, e eles têm esse pensamento que o bem coletivo é o Cruzeiro. Independente se estão fazendo gols ou não, temos pensar que o Cruzeiro está vencendo e passar tranquilidade pra eles.

Jogos em que Rafael Sobis e Ramón Ábila foram titulares juntos:

Campeonato Brasileiro

17/07 - Fluminense 2 x 0 Cruzeiro
24/07 - Cruzeiro 1 x 2 Sport
04/08 - Cruzeiro 4 x 2 Internacional - Rafael Sobis (3 gols) e Ramón Ábila (1 gol)
08/08 - Corinthians 1 x 1 Cruzeiro - Ramón Ábila (1 gol)
14/08 - Cruzeiro 2 x 2 Coritiba - Ramón Ábila (1 gol)
21/08 - Figueirense 1 x 2 Cruzeiro - Ramón Ábila (1 gol)
28/08 - Cruzeiro 2 x 0 Santa Cruz - Ramón Ábila (1 gol)
11/09 - Cruzeiro 0 x 2 Botafogo
18/09 - Cruzeiro 1 x 1 Atlético-MG
25/09 - Flamengo 2 x 1 Cruzeiro
01/10 - Cruzeiro 1 x 0 Grêmio

Copa do Brasil

20/07 - Cruzeiro 2 x 1 Vitória - Ramón Ábila (1 gol)
01/09 - Botafogo 2 x 5 Cruzeiro - Ramón Ábila (2 gols)



Notícias Relacionadas »
Comentários »