18/05/2016 às 17h04min - Atualizada em 18/05/2016 às 17h04min

Definidas as novas metas para a Cultura de Uberlândia nos próximos três anos

Artistas, agentes culturais, representantes de associações e pessoas comuns estiveram presentes para a apresentação de novas propostas para o setor

Redação
Divulgação

A Prefeitura de Uberlândia promoveu no último fim de semana a ‘IV Conferência Municipal de Cultura’, que contou com a presença de 149 participantes, entre artistas, agentes culturais, representantes de associações socioculturais e consumidores de cultura. A Secretaria Municipal de Cultura apresentou a avaliação da implantação do Plano Municipal de Cultura nos anos 2014 e 2015.

Metas atingidas

Entre objetivos alcançados estão a reforma democrática do Conselho de Cultura, a formação de novos públicos com centenas de atrações artísticas no Teatro Municipal e a ampliação dos recursos do Programa Municipal de Incentivo à Cultura.

No segundo dia da conferência, ocorreram os Grupos de Trabalho distribuídos nos seis eixos estratégicos, que apontaram as 04 prioridades de cada eixo para os próximos três anos de implantação do PMC. Os grupos também apresentaram duas propostas de moções, uma pela abertura de debate público sobre formas de gestão do Teatro Municipal, e outra moção contra a extinção do Ministério da Cultura pelo presidente em exercício Michel Temer.

Estas propostas foram encaminhadas à deliberação da Plenária na parte da tarde, que aprovou 24 principais metas, com 12 prioridades reivindicadas pelo setor cultural para os próximos três anos.

Planos para o futuro

Dentre as prioridades, foram mantidas as metas: reforma do Teatro Grande Otelo; elevação do orçamento da Secretaria de Cultura para 1,5% até 2019; elaboração de um Programa de Formação Cultural e de desenvolvimento do Sistema de Indicadores Culturais do Município.

Foram também aprovadas novas diretrizes, como a criação de planos setoriais nas diferentes linguagens artísticas e a regulamentação das áreas artísticas como conteúdos obrigatórios da rede municipal de Educação.

Notícias Relacionadas »
Comentários »