02/05/2016 às 17h04min - Atualizada em 02/05/2016 às 17h04min

Dilma anuncia novas medidas, poucos dias antes da votação do impeachment no Senado

A presidente fez o anúncio no último domingo, Dia do Trabalhador

G1/Redação
Foto: Nelson Almeida/AFP

A presidente Dilma Rousseff anunciou neste domingo (1º), durante evento do Dia do Trabalho promovido em São Paulo pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a dez dias de uma votação no Senado que pode afastá-la do cargo, uma série de medidas na área social, confira:

Novas medidas

- Reajuste de 9% para beneficiários do Bolsa Família.
- Proposta de correção da tabela Imposto de Renda Pessoa Física em 5%, a partir de 2017.
- Proposta de contratação de pelo menos 25 mil moradias do "Minha Casa, Minha Vida Entidades", com os movimentos do campo e da cidades.
- Criação do Conselho Nacional do Trabalho (Conselho Tripartite), com representação dos trabalhadores, empresários e governo.
- Proposta de ampliação da licença-paternidade para funcionários públicos de 5 dias para 20 dias
- Criação do plano safra da agricultura familiar para garantir recursos tanto para o programa de aquisição de alimentos como para assistência técnica.

Em seu discurso, Dilma afirmou que as medidas já estavam previstas no orçamento e voltou à dizer que o processo de impeachment trata-se de um golpe ao seu governo e a democracia.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »