22/09/2021 às 09h00min - Atualizada em 22/09/2021 às 09h00min

Torcedor viaja sem ingresso para ver UEC em Mato Grosso

Morador de Uberlândia viajou 1,3 mil km para presenciar vitória do time

SÍLVIO AZEVEDO
Rafael Aparecido Guerra acompanha o UEC desde os 11 anos de idade | Foto: ARQUIVO PESSOAL
Sabe aquela paixão que faz com que você cometa algumas loucuras só para demonstrar amor, carinho e afeto? O Rafael Aparecido Guerra, de 36 anos, é um grande exemplo disso. O que ele fez pelo Uberlândia Esporte Clube (UEC) pegou grande parte da torcida de surpresa.
 
Após a vitória do UEC sobre o Nova Mutum por 2 a 0 no Mato Grosso, no último domingo (19), que valeu a classificação do time para as oitavas de final da Série D do Campeonato, começaram a surgir fotos de Rafael no Estádio Municipal Valdir Doilho Wons. Ele viajou cerca de 1,3 mil km para ver o time jogar.
 
“Comecei a acompanhar o time desde os meus 11 anos e logo depois comecei a fazer parte da Inferno Verde. Viajei porque desde criança gosto de acompanhar o nosso Verdão, tentando dar uma força para os jogadores”.
 
O plano de viajar se deu na quinta-feira anterior ao jogo, com um investimento de mais de R$ 800. Rafael saiu de ônibus de Uberlândia no sábado, às 10h40, com parada em Cuiabá (MT), até chegar no destino final, Nova Mutum, no domingo. E o mais curioso, sem garantia de que veria o jogo, já que não há venda de ingressos.
 
“Quando eu cheguei no Estádio, o portão estava aberto. Então entrei e fiquei em um canto, esperando o Verdão chegar. Tinha umas 50 pessoas na arquibancada com crachá que estavam gritando, querendo provocar os jogadores do Verdão, fora os outros torcedores deles que estavam assistindo ao jogo em cima dos muros”.
 
E estar fora de casa não impediu Rafael de festejar os dois gols que garantiram a classificação do time para a próxima fase. “Comemorei os gols. Quando acabou o jogo tinha um segurança com bastante raiva, querendo me provocar. Eu nem dei moral”.
 
O retorno para casa foi somente na noite de segunda-feira (20), quando embarcou novamente para Uberlândia, já pensando na organização para acompanhar o time no segundo jogo contra o Joinville (SC).
 
“O Verdão está no sangue, na alma. Só gostaria que conseguisse subir pra Série C e logo depois subisse pra Série B do Brasileirão. Com o estádio que nós temos, a cidade que nós temos e a torcida apaixonada, merecemos estar no Campeonato Brasileiro Série B”, disse Rafael.
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou na noite desta segunda as datas e horários dos jogos das oitavas de final da Série D. O Uberlândia Esporte Clube joga em casa no próximo domingo (26), às 16h, no Sabiá. Já no dia 2 de outubro, o UEC encara o Joinville, às 15h.
 
TORCIDA
O Uberlândia Esporte Clube enviou um ofício para a CBF solicitando a liberação de público para os jogos das oitavas da Série D. O documento foi assinado também pelo presidente do Joinville, Charles Fischer.
 
No documento, os clubes argumentam que a nível estadual, Minas Gerais e Santa Catarina já liberaram público nos estádios seguindo os protocolos sanitários e se comprometeram a apresentar um Plano de Contingência.
 
O Diário de Uberlândia questionou a Prefeitura de Uberlândia sobre a liberação de público em eventos esportivos na cidade, mas até o fechamento desta edição não houve retorno.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »