07/02/2020 às 08h27min - Atualizada em 07/02/2020 às 08h27min

Paratleta de Uberlândia leva duas medalhas em Mundial

Lara Ferreira ficou com a prata nas categorias júnior e adulto, na Nigéria

DA REDAÇÃO
Lara Ferreira foi um dos destaques da competição realizada na Nigéria | Foto: Divulgação
A paratleta de Uberlândia Lara Ferreira foi um dos destaques da delegação brasileira na Copa do Mundo de Halterofilismo paralímpico, na etapa realizada em Abuja, na Nigéria. A mineira conquistou duas medalhas de prata na competição, ao erguer 76kg, e ficou com o segundo lugar nas categorias junior e adulto. Além de Lara, Mateus Silva, também de Uberlândia, compete na categoria de até 107Kg e ainda tem chance de medalha. O Mundial é considerado um dos maiores eventos do paradesporto e a principal preparação para os Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Os dois paratletas representam o Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU), associação parceira da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel). De acordo com o treinador Weverton Santos, a conquista é um bom resultado na preparação para competições importantes que acontecem ainda neste ano.

“A Lara foi muito bem ao conquistar essas duas medalhas. Tínhamos uma expectativa até melhor, porque conseguimos fazer o segundo levantamento, mas infelizmente o movimento foi invalidado. No entanto, não podemos abaixar a cabeça, pois temos mais uma competição em abril valendo vaga para Tóquio. Já voltamos ao treinamento e o foco continua, já que a Paralimpíada está próxima, assim como a última etapa da Copa do Mundo, em Dubai”, destacou o técnico. 

Segundo a paratleta, a conquista das duas medalhas é uma motivação a mais para continuar treinando forte. “Não foi bem o que a gente planejou, mas foi o que graças a Deus eu consegui. Mesmo não estando totalmente satisfeita, estou super feliz. Uma coisa que aprendi é que se não deu certo é porque Deus está preparando algo melhor para mim. Já estou seguindo com os treinamentos para a próxima competição em Dubai, não podemos parar”, afirmou Lara. 

Além das duas medalhas de prata com a paratleta uberlandense, o Brasil também foi ouro com João Maria Júnior, na categoria até 49kg e prata com Bruno Carra, na disputa de até 54kg. Ao todo, participam 183 levantadores de 21 países. O Brasil competiu com oito atletas na Nigéria. 

O próximo desafio da equipe de Uberlândia será em abril, na etapa de Dubai da Copa do Mundo, a última disputa antes dos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020.








 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »