19/12/2019 às 10h30min - Atualizada em 19/12/2019 às 10h30min

Grupo Jovem encerra temporada 2019 em Uberlândia

Espetáculo “para onde como ¿” aborda angústias e sentimentos diários

ADREANA OLIVEIRA
Ensaio geral na tarde de ontem no Palco de Arte do grupo Jovem | Foto: Cristiano Barbosa/Divulgação
Inquietações e dúvidas. Sonhos e medos. Desejos e angústias. Revolta e frustração. Todos os dias estamos tomados por diferentes sentimentos e por meio da música, do corpo, da dança, alguns artistas passam para o palco toda essa diversidade do ser. E os jovens, além das inquietações típicas da juventude, não estão alheios a tudo que acontece ao redor deles.

Esses sentimentos foram traduzidos em mais um espetáculo do Grupo Jovem Uai Q Dança, que encerra sua temporada de apresentações com a Uai Q Dança Cia nesta quinta (19) e sexta-feira (20). Trata-se “para onde como ¿”, a pergunta que cada integrante do grupo traz desde o início de 2019 que se resume em: Como fazer oposição diante dessa barbárie que se instalou no Brasil desde as eleições?

A diretora artística Fernanda Bevilaqua conta que a produção partiu de um grande incômodo coletivo que se inicia nas eleições para presidente no Brasil e se estende para os dias atuais. “Não houve um respiro ou brecha de algum vislumbre para uma saída possível que indique caminhos para que as pessoas sintam, pessoal ou coletivamente, que estão fazendo ‘oposição’ a isso que é um descompasso, um desgoverno, um desserviço à democracia”, disse a artista.

Bevilaqua comenta ainda que o espetáculo fala de todos e para todos aqueles que carregam alguma bandeira ou um discurso indignado em uma empatia corporificada.

No ano passado, com o espetáculo “The Wall”, o grupo surpreendeu a todos que tiveram oportunidade de assisti-lo e dessa vez não deve ser diferente. Se naquela ocasião a obra da banda britânica Pink Floyd deu o tom do espetáculo, dessa vez, essa trilha é mais diversa.

Há canções de Gilberto Gil, Sílvia Pérez Cruz, uma colaboração entre Elliot Goldenthal, Caetano Veloso, Lila Downs, os punks da Garotos Podres e ainda Tambores de Tierra, Meredith Monk e Rapper Close.
 
SERVIÇO
O QUE: espetáculo de dança “para onde como ¿”
QUEM: Grupo Jovem Uai Q Dança
LOCAL: Palco de Arte (R. Coronel Manoel Alves, 22, B. Fundinho)
QUANDO: hoje (19) e sexta (20), às 20h
INGRESSOS: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada)
INFORMAÇÕES: 3236-5056

FICHA TÉCNICA
Elenco: Pesquisa, criação de movimentos e atuação: Amanda Benfica Mariano, Anna Carolina Rosenburg Ferrari, Ayla Brogio Soler, Beatriz Palmer Barros Alvarenga, Cecília de Ávila Resende, Gabriela Luiza Oliveira, Julia Toscano de Resende | Artista/criadora/ educadora e provocadora: Clara Bevilaqua | Direção artística, concepção cênica e preparação corporal: Fernanda Bevilaqua | Iluminação: criação e operação: Ronan Vaz | Figurinos: Concepção para a pré-estreia e criação para 2020: Ronan Vaz | Som/operação: Alexandre Roiz | Performance de página: Marcelo Camargo | Mixagem da música final: Lucas Vidal | Fotografia: Cristiano Barbosa | Ambientação cênica e criação: Fernanda Bevilaqua com provocação de Ronan Vaz | Provocações: Eduardo Bevilaqua, Ronan Vaz e Marcelo Camargo










 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »