18/12/2019 às 11h00min - Atualizada em 18/12/2019 às 11h00min

Dentil/Praia e Sesc Rio fazem clássico na noite desta quarta-feira (18)

Confronto vai por frente a frente líder e 3º colocado no torneio

ÉDER SOARES
Em caso de vitória, Dentil/Praia Clube pode saltar para a segunda colocação | Foto: Praia Clube/Divulgação
Dentil/Praia Clube e Sesc Rio fazem, na noite desta quarta-feira (18), às 18h, na Arena Praia, pela sétima rodada da Superliga Feminina, um dos maiores clássicos na atualidade do voleibol feminino no Brasil. O time carioca lidera o campeonato com oito vitórias e uma derrota, enquanto o Praia, com três jogos a menos em função da participação no Mundial da China, segue na terceira colocação com seis vitórias em seis jogos. Se emplacar a sétima vitória, o Praia pula novamente para o segundo lugar, atualmente ocupado pelo Osasco (SP), que tem sete vitórias e uma derrota e dois jogos a mais.

Praia e Rio já protagonizaram duas finais da Superliga. Na temporada 2014/2015, em final única, o time carioca levou a melhor, mas em 2017/2018, em melhor de cinco partidas, o Praia foi quem se deu bem e ganhou o primeiro título de sua história na divisão principal da Superliga. 

O Praia tem uma baixa importante para os próximos jogos. A ponteira Fernanda Garay fraturou o nariz ainda na disputa do Mundial na China, precisou passar por cirurgia e o clube não divulgou uma previsão de retorno às quadras. Usando as suas redes sociais, a campeã olímpica fez questão de agradecer o apoio de torcedores e avisa que irá voltar em breve.

“Muito obrigada por cada mensagem que me enviaram, por todo o carinho e por todo amor que recebi. Graças a Deus, correu tudo bem na minha cirurgia, e estou recuperando em casa com os cuidados da minha família. Agradeço de coração e se Deus quiser, logo, logo estou de volta às quadras”, disse a ponteira.
 
Voltando para o confronto ante o Sesc Rio, o técnico Paulo Coco afirma que o Praia terá pela frente a partida mais difícil até o momento na competição, até mesmo por ser um time treinador pelo técnico Bernardinho, um dos mais vitoriosos na história do voleibol brasileiro e mundial.

“Não é à toa que o Rio vem fazendo uma grande campanha, pois conta com um grande treinador e um dos melhores elencos do mundo. Teremos que fazer um jogo equilibrado em todos os fundamentos, e não deixar em momento algum que o Rio jogue à vontade. Se isso acontecer, certamente teremos muitas dificuldades. Mas acredito que estamos preparados para fazer um grande jogo, mesmo com a falta da Fernanda Garay”, afirmou Coco.

A oposta norte americana Nicole Fawcett acredita que a forte sequência de jogos no Mundial da China poderá ajudar o Praia. “Tivemos jogos duros na China e na sequência já pegamos o Bauru, em casa, e estamos adquirindo rapidamente um maior entrosamento e ritmo de jogo. Acho que estamos evoluindo muito e isso pode ser determinante diante do Rio”, afirmou.

O Praia ainda fará mais uma partida em 2019 antes da pausa para as festas de Natal e Réveillon. No próximo sábado (21), o time encerra o ano encarando o Osasco (SP) em São Paulo. Já o primeiro confronto de 2020 será contra o São Paulo, dia 7 de janeiro, mais uma vez na capital paulista.

SERVIÇO
A partida entre Praia e Sesc-Rio não tem cobrança de ingressos. Os convidados devem entrar através do portão 14, que fica na avenida Uirapuru no bairro Cidade Jardim, e será aberto às 17h.


















 
Notícias Relacionadas »
Comentários »