07/12/2019 às 10h30min - Atualizada em 07/12/2019 às 10h30min

Campeão do Amador de Uberlândia será conhecido neste domingo (8)

América tem vantagem do empate; Floresta precisa fazer dois de diferença para ir aos pênaltis

ÉDER SOARES
No primeiro confronto, no último domingo (1º), o América venceu por 3 a 1 | Foto: Vilmar Silva/Divulgação
Na manhã deste domingo (8) será conhecido o campeão amador de 2019. Às 10h, o Estádio Airton Borges promete ser pequeno para os mais de 2 mil torcedores que são esperados para dividir as arquibancadas entre as cores amarelo e preto, do Floresta, e vermelho e branco, do América. No primeiro duelo, no último domingo, o América surpreendeu ao fazer 3 a 1 sobre o Floresta.

Com o atual cenário, o Dragão da Vila Operário precisará fazer dois gols de diferença, no tempo normal, para levar a decisão do título paras as cobranças de pênaltis, ou por margem de três gols acima para ser campeão de forma direta. Para o América basta o empate ou derrota por até um gol de diferença.

Antes da partida haverá solenidade de abertura com a execução dos hinos de Uberlândia e do Brasil, tocados pela Banda Municipal de Uberlândia. Na homenagem do ano, a Liga Uberlandense de Futebol (LUF) premiará o Triângulo de Monte Alegre, filiado à LUF desde 1971, e que no dia 19 deste mês estará completando 100 anos de fundação.

Em relação aos times para o confronto, os dois treinadores fazem mistério absoluto sobre as escalações. Apesar do placar desfavorável, o técnico do Floresta, Carivan Cordeiro, garante que não tem nada perdido e que o Dragão vai com tudo para cima do América em busca do placar favorável.

“Infelizmente, tivemos um dia totalmente atípico no primeiro jogo, inclusive com uma infelicidade do nosso goleiro, situações que são absolutamente comuns dentro do futebol. Agora é ter tranquilidade e jogar da mesma forma que o time vinha jogando ao longo do campeonato. Será uma tarefa difícil, mas o Floresta está pronto para brigar até o final”, disse Carivan.

O Floresta, maior vencedor na história do Campeonato Amador, tentará o seu sexto título da elite. O Dragão da Vila Operário, como é tradicionalmente conhecido, tem sede atual no bairro Minas Gerais, na zona norte da cidade. As conquistas do clube na primeira divisão aconteceram em 1948, 1949, 1962, 1963 e 2016. Ano passado, a equipe chegou novamente à final, mas foi superada pelo Tibery, que ficou com o título.

AMÉRICA
Pelo lado do América, o técnico Adão Costa, além de esconder os 11 titulares, acredita que nada está ganho. Ele entende que o Floresta tem amplas condições de reverter a vantagem de sua equipe, porém garante que o América não jogará apenas para segurar o resultado.

“Numa partida tão importante e diante de um adversário tão qualificado, não podemos nos dar ao luxo de jogar apenas esperando, lá atrás. Precisamos atacar e ser cirúrgicos na conclusão das jogadas, quando elas aparecerem. O time só será conhecido quando entrar no gramado. Nessa hora, todos os artifícios são válidos”, afirmou Adão.
O América soma quatro vice-campeonatos. O primeiro e único título aconteceu em 2009.
 
Campanhas dos finalistas
Floresta
18 jogos
34 pontos
10 vitorias
04 empates
04 derrotas
32 gols marcados
21 gols sofridos
 
América  
18 jogos
31 pontos
09 vitorias
04 empates
05 derrotas
35 gols marcados
21 gols sofridos







 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »