30/11/2019 às 08h10min - Atualizada em 30/11/2019 às 08h10min

Kiko Zambianchi e suas versões

Músico fala ao Diário sobre novas produções e os clássicos

ADREANA OLIVEIRA
Kiko faz participação especial hoje na Back to 80´s do London | Foto: Divulgação

Em 35 anos de carreira Kiko Zambianchi ainda tem novos caminhos a desbravar. Inquieto, está sempre com novos projetos em andamento. Com canções eternizadas no repertório pop brasileiro, atualmente ele faz alguns trabalhos voltados para os mercados norte-americano e europeu.

“A gente não pode parar, nunca”, comenta Kiko durante entrevista realizada na tarde de quarta-feira por telefone. E enquanto esses projetos que envolvem produções musicais, composições para outros artistas e trilhas sonoras, ele segue em turnê com sua banda pelo Brasil.

“Estamos fazendo muitos shows e gosto muito de estar no palco. Nesta noite faço uma participação especial com o pessoal aí no London que é um lugar que gosto muito em uma cidade que gosto mais ainda. O London e Uberlândia fazem parte da minha história e é sempre bom estar aí”.

Na festa na qual hoje ele faz participação, clássicos seus como “Rolam as pedras” e “Primeiros erros” estão sempre presentes. São canções escritas há três décadas que ainda significam algo para quem escreveu e para quem compartilha delas.

“Quando escrevemos uma música não sabemos o que vai ser após o lançamento, não sabe o que vai acontecer com a música, se ela vai ser um sucesso ou não. Um clássico marca um tempo e persiste”, comenta o músico.

Kiko afirma que o mais interessante neste processo é quando as pessoas ressignificam as canções. Algumas as conhecem quando já têm 20, 25 anos de lançadas e mesmo assim fazem algum sentido para elas. Com “Primeiros erros”, por exemplo, é assim. “Cada um ouviu em uma época diferente, em uma fase da vida diferente e assimilou a canção de alguma forma e assim ela passa de geração para geração”.

OUTRAS VERTENTES
Nascido em Ribeirão Preto (SP), há 59 anos, Kiko Zambianchi teve contato com as artes muito cedo. “Na época eu cursei o ginásio, e foram quatro anos neste colégio em que eu tinha aula das 7 da manhã às 6 da tarde e ali a gente tinha aula de tudo. Além das matérias tradicionais, tínhamos aulas de música, teatro, artes, fotografia e quando você fazia uma peça exercia papel de ator, diretor, produtor, tudo junto”.

Para o músico foi um processo bem interessante. A música acabou falando mais alto, mas mesmo assim, ele ainda mantém contato com outras artes e continua a exercer essas suas várias versões e vertentes.

Em 1996 foi indicado ao Prêmio APETESP de teatro pela melhor trilha com a peça "As Priscilas de Elvis" de Ana Ferreira. Dois anos depois, assinou a trilha sonora de “Da boca pra fora" de Marcelo Rubens Paiva, além de outras trilhas para TV. Entre 2011 e 2012, Kiko foi visto na série teen “Julie e os Fantasmas”, como Josias. Na noite de hoje, além de Kiko Zambianchi, participam do show os cantores Cristina Goulart, Neto Fog, Renes Valentini e Michael Chagas.

SERVIÇO
O QUE: Back 80`s n 90`s´ com Kiko Zambianchi
QUANDO: sábado (30), 23h
LOCAL: London Pub (Av. Floriano Peixoto, 39, Centro)
INGRESSOS: a partir de R$ 20 (pista) – área vip e camarotes esgotados, à venda no local das 18h às 20h30 ou pelo aplicativo London Pub
CLASSIFICAÇÃO: 18 anos
INFORMAÇÕES: 3236-5081









 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »