15/11/2019 às 08h00min - Atualizada em 15/11/2019 às 08h00min

Grupontapé estreia o espetáculo “#Preciosas” em Uberlândia

Obra é baseada em trabalho do dramaturgo francês Jean-Baptiste Poquelin

ADREANA OLIVEIRA
Elenco de “#Preciosas” que entra em cartaz amanhã, na sede do Grupontapé | Foto: Bruna Freitas/Divulgação

O Circuito Uberlandense do Teatro de Uberlândia (Citu) contará com a estreia da mais nova produção do Grupontapé. “#Preciosas”, espetáculo baseado em duas obras do dramaturgo francês Jean-Baptiste Poquelin, mais conhecido como Molière (1622-1673). Para esse trabalho, o grupo uberlandense que já soma 25 anos de carreira e mais de 15 espetáculos no repertório, contou com a dramaturgia de Cacá Brandão e Eduardo Moreira.

Brandão, depois de uma agenda cheia ontem em Belo Horizonte, se preparava para vir para Uberlândia prestigiar a estreia. “Quando o grupo me procurou e falou que gostaria de fazer uma comédia logo pensei em Molière. Conversei com o Eduardo, com quem já trabalho há longa data e fizemos o texto”.

Os dois trouxeram as peças “Preciosas Ridículas” e o “Improviso de Versalhes” para os tempos atuais. Esse é um dos grandes méritos do espetáculo. Katia Lou divide a direção com Moreira e comenta sobre a riqueza do espetáculo.

“Temos uma relação muito bacana com o Eduardo e o Cacá. Já havíamos trabalhado juntos em ‘Por de Dentro’ e ‘Tempo de Águas’, agora, tem essa comédia maravilhosa que vem de uma leitura clássica. Quando eles nos apresentaram a adaptação fiquei muito feliz. É uma comédia que olha para nossos vícios de comportamento e relações e apesar de terem sido escritas por volta dos séculos 16 e 17 estão muito atuais porque Molière fala do comportamento humano”.

Elenco, direção ficaram imersos por meses no universo de Molière, no universo da comédia. Foram muitas leituras, discussões, filmes e um processo de preparação dos atores bastante divertido. “Nos questionamos sobre o que nos faz rir, o que é engraçado. Não estamos com um texto que fala que o outro se comporta de tal maneira, nós nos comportamos assim, nos inserimos neste cenário. É um tema que muito nos provoca”, disse a diretora.

A estreia no Citu é importante para Katia. “Esse circuito que acontece nesta edição na nossa casa é muito especial. Ele pode crescer e ir para outros lugares, mas agora está aqui. É uma iniciativa que julgo inovadora e inclusiva porque além de grupos como o nosso, com mais de 20 anos de estrada, o público pode conferir trabalhos de outros grupos e artistas mais novos que têm essa mesma paixão e trabalham na formação dessa cena”.

A diretora acredita que o teatro ainda é um espaço de resistência. “Prestes a estrear meu olhar de diretora é de gratidão, por tudo que fizemos até aqui, por trabalhar com pessoas tão competentes em um texto inspirado no mestre Molière. Estou ansiosa mas não num sentido ruim, num sentido de ansiar muito essa troca com o público”.

Após a estreia no Citu, o Grupo fará temporada na Escola Livre do Grupontapé até o dia 1º de dezembro, sempre aos finais de semana. Sábados às 20h, e domingo às 19h.

SINOPSE
“#Preciosas” é uma delirante adaptação das peças “Preciosas Ridículas” e o “Improviso de Versalhes” originais do escritor Molière, traduzidas aos dias de hoje. O enredo gira em torno de um grupo de teatro que prepara uma nova montagem e enfrenta inúmeros desafios, inclusive o de colocar em cena a história de duas preciosas ridículas da atualidade, refugiadas numa academia de ginástica, e que tramam um golpe, a partir de um aplicativo de encontros, para se tornarem ricas, poderosas e emergentes do mundo da fama. “A história dessas personagens está baseada nas emergentes sugar babies, que estão em busca de homens que possam sustentar seus desejos e promover a elas a ascensão social.

A montagem parte do Projeto de Manutenção do Grupontapé, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, com o patrocínio das empresas Autoforjas, Ask do Brasil, Pandurata Alimentos.

“Com esse incentivo, nós teremos a oportunidade de apresentar a peça várias vezes com ingressos a preços accessíveis, além de realizar ensaios abertos para alunos das escolas públicas de Uberlândia”, comenta o produtor da peça, Rubem dos Reis.

SERVIÇO
O QUE: Citu – estreia do Espetáculo “#Preciosas”
QUEM: Grupontapé
QUANDO: sábado (16), às 20h e domingo (17), às 19h
ONDE: Teatro do Grupontapé (R. Tupaciguara, 471, Aparecida
INGRESSOS: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada) - Meia-entrada também disponível para artistas, professores e quem apresentar o flyer do Citu
INFORMAÇÕES: 3213-1325

FICHA TÉCNICA
Elenco/Personagens: Bia Pantaleão (Auxiliadora e atriz) | Breno Maia (Conrado, Jodelet e ator) | Juliana Nazar (Nicolete e atriz) | Katia Bizinotto (Do Carmo e atriz) | Welerson Filho (instrutor, Mascarile e ator)
Dramaturgia: Cacá Brandão e Eduardo Moreira | Direção: Eduardo Moreira e Katia Lou | Cenário, Figurinos e Adereços: Flávio Arciole | Preparação Vocal e Direção de Texto: Babaya Morais | Preparação Corporal: Cássio Machado (1ª Fase) / Juliana Nazar (2ª Fase) | Coreografias: Juliana Nazar | Coreografia Final: Michele Cândido | Designe de Luz: Camila Tiago | Trilha Sonora: Grupontapé (Pesquisa) / Batuki Produções (Produção) | Operação de Luz: Camila Tiago e Mário Leonardo | Operação de Som: Katia Lou | Costureira: Neuza Batista de Melo | Camarim: Maria Rosa | Office-boy: Eliene Ricardo | Mídias Sociais: Bia Pantaleão | Designe Gráfico: Igor Sousa | Fotografia da arte final: Grupontapé | Fotografia da divulgação: Bruna Freitas | Assessoria de Imprensa: Érica Magalhães | Produção Executiva: Marisa Cunha / Eder Florêncio | Assistente de Produção: Rafael Bizinotto dos Reis / Renan D´Oliveira dos Reis | Coordenação de Execução Orçamentária: Aline França | Coordenação de Produção: Rubem dos Reis | Coordenação Geral: Katia Bizinotto | Produção Geral: Balaio do Cerrado Produtora









 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »