01/11/2019 às 07h57min - Atualizada em 01/11/2019 às 07h57min

Praia e Minas decidem o título da Supercopa em Uberlândia

Clássico Mineiro abre a temporada oficial do voleibol brasileiro hoje à noite no Sabiazinho

EDER SOARES
Confronto pela Supercopa acontece às 21h30 | Foto: Praia/Divulgação

A Arena Sabiazinho recebe na noite desta sexta-feira (1), às 21h30, um dos clássicos de maior rivalidade do voleibol feminino nacional na atualidade. Dentil/Praia Clube e Minas Tênis decidem em partida única a Supercopa, que coloca frente a frente o atual campeão da Superliga - o time da capital - e o vice da Copa Brasil, competição em que o Praia foi derrotado na finalíssima justamente pelo arquirrival. O torneio abre oficialmente o calendário nacional 2019-2020 do voleibol feminino, que no dia 12 deste mês terá também o início da Superliga.

No dia 7, a Arena Sabiazinho volta a ser palco de outra decisão, desta vez a final masculina da Supercopa, entre Cruzeiro e Taubaté.

Além de visar a conquista do primeiro título da temporada, o Praia Clube terá mais um desafio na partida de hoje à noite, que será o de quebrar uma marca a favor do Minas Tênis. Na última temporada, as equipes fizeram sete partidas, sendo que o time de Belo Horizonte venceu seis. A única vitória do Praia aconteceu no segundo turno da Superliga, partida disputada em Belo Horizonte. O Minas venceu as quatro finais disputadas sobre o time uberlandense, pela Superliga, Sul-Americano, Campeonato Mineiro e Copa Brasil.

Em compensação, a equipe uberlandense começou bem a fase de pré-temporada neste ano, vencendo seis partidas e empatando uma. Um dos triunfos foi batendo justamente o Minas Tênis na final do Desafio Minas x Rio, competição preparatória que aconteceu em Sete Lagoas (MG).

Para o técnico do Praia, Paulo Coco, a expectativa é de começar a temporada oficial com vitória e título, apesar de reconhecer que se trata de um clássico. “Praia e Minas é sinônimo de grandes partidas, sempre, pois são equipes que montam grande times e brigam por títulos. Acho que o fato de jogar em casa nos motiva ainda mais, mas estamos felizes com a evolução do nosso time e esperamos, sim, fazer um grande jogo e quem sabe comemorar este título”, disse Coco.

Segundo a ponteira Fernanda Garay, o grupo praiano está ansioso para o início dos jogos oficiais. “Sempre dá aquele friozinho na barriga antes de uma final. Ainda mais por ser o primeiro torneio oficial, contra nosso maior rival, e por ser na nossa casa, o que aumenta mais a nossa responsabilidade. Acho que será um grande jogo e acredito que os nossos torcedores poderão sair felizes do ginásio após a partida”, afirmou.
 
ATRATIVOS
Praia e Minas Tênis contam nos elencos com jogadoras que participaram da conquista da primeira medalha de ouro olímpica do Brasil no vôlei de quadra feminino - Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. O Dentil/Praia Clube teve como um dos reforços para essa temporada o retorno da central Walewska. No Minas, a oposta Sheilla foi uma das principais contratações e voltou a defender o time de Belo Horizonte depois de um longo período.

A central Walewska jogou pela última vez pelo Dentil/Praia Clube em torneios oficiais na temporada 2017/18. Na ocasião, o time de Uberlândia conquistou o primeiro título da Superliga e teve a central como capitã. Depois de um ano no Osasco (SP), Walewska retornou para a equipe mineira e mostrou motivação com o novo momento.

“Minha identificação com o projeto do Praia Clube foi imediata. Estou na quarta temporada defendendo um projeto que se aperfeiçoou a cada ano. É uma equipe que busca novos desafios e conquistas e foi muito bom acompanhar o crescimento ao longo dessas temporadas que estive presente. No meu retorno sinto que a busca não parou por aqui. O projeto e nós jogadoras queremos mais”, afirmou Walewska, que também falou sobre os objetivos dessa temporada em competições como a Supercopa.

“Estamos construindo uma nova história para a temporada 2019/20. O Praia Clube tem uma base forte e a cada ano busca reforços. Sabemos da nossa responsabilidade em representar e retribuir ao projeto toda a dedicação envolvida. Temos que pensar grande”, disse.

No Minas, a oposta Sheilla escolheu o clube mineiro para retornar ao voleibol depois de um período de inatividade no qual se dedicou à maternidade. A atacante comentou sobre a nova fase e falou da expectativa para a Supercopa.

“Estou muito feliz porque a temporada realmente começa com a Supercopa. Vai ser um jogo difícil e será muito importante para a construção do nosso time. Vivo um momento de muita alegria por estar de volta ao vôlei e ao Minas. Teremos várias competições essa temporada e a nossa equipe está preparada para os desafios”, disse Sheilla.

Outra campeã olímpica de 2008 que estará em quadra na Supercopa pelo Minas é a central Thaisa. A atacante retorna ao time mineiro nessa temporada. Ela jogou pela última vez pelo time de Belo Horizonte em 2005.
 
SERVIÇO

INGRESSOS
Venda online: site Ingresso Rápido. Os preços variam entre R$ 20 e R$ 50 (para as finais masculina e feminina)
Venda física: Arena Sabiazinho, hoje, das 8h às 17h30
 
SUPERCOPA FEMININA
01/11 - 21h30
MINAS X PRAIA CLUBE
 
SUPERCOPA MASCULINA
07/11 - 21h30
CRUZEIRO X TAUBATÉ








 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »