23/10/2019 às 07h54min - Atualizada em 23/10/2019 às 07h54min

Olimpíada do Idoso acontece nesta quinta-feira (24) em Uberlândia

Estádio Airton Borges recebe várias modalidades do evento a partir das 8h

DA REDAÇÃO
Mais de 800 idosos inscritos participarão de atividades esportivas e culturais | Foto: Marco Crepaldi/Secom PMU

Muito treino e dedicação. Esse é o espírito que toma conta dos quatro Centros Educacionais de Assistência Integrada (Ceais) nos últimos dias de preparação para a 9ª edição da Olimpíada do Idoso. O evento acontece nesta quinta-feira (24) no Estádio Airton Borges.

O evento é promovido pela Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação, e conta com parte esportiva e cultural. A cerimônia de abertura começa às 8h com a condução da tocha por um representante de todos os Ceais, acendimento da pira olímpica, apresentação da fanfarra, coreografia de bambolê, juramento e o hino nacional na voz do coral dos idosos.

Após a abertura, terão início as etapas finais da Olimpíada, nas modalidades cestobol (feminino e masculino), tênis de mesa (feminino e masculino), sinuca (feminino, masculino e duplas), dominó (misto), truco (misto), dama (misto), boliche (misto), bocha (misto) e chute a gol (misto). Participam mais de 80 idosos vencedores das etapas classificatórias dos quatro Ceais da cidade, de um total de mais de 800 idosos inscritos.

“Todas essas modalidades são desenvolvidas dentro dos Ceais através das atividades físicas e esportivas. No final do ano, reunimos essas atividades em forma de caráter competitivo e de integração, que une os quatro Ceais, os quatro atendimentos de região”, conta Iracema Marques, secretária municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação.

Cada Ceai será representado por uma cor: amarelo (Ceai I – Rondon), azul (Ceai II – Laranjeiras), verde (Ceais III – Luizote) e rosa (Ceai IV – Guarani). “Isso muda a rotina do Ceai. É como se fosse uma explosão de animação, de alegria, de força de vontade e de superação. Tem idoso que já está combinando de ir torcer com as cores dos seus respectivos Ceais, até mesmo nas unhas”, comentou Wasley Rodrigues Santos, diretor de Proteção Básica ao Idoso e Deficiente.
 




 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »