13/10/2019 às 08h00min - Atualizada em 13/10/2019 às 08h00min

Equipe busca popularização do Ultimate Frisbee em Uberlândia

Esporte que utiliza disco tem dinâmica parecida com o Futebol Americano, mas não tem contato físico

EDER SOARES
Os membros do time Ventopanas, de Uberlândia | Foto: Divulgação

Um esporte pouco conhecido, mas que vem despertando a cada dia o interesse de muitos praticantes pelo Brasil. O Utimate Frisbee é uma modalidade dinâmica, praticada com um disco de plástico de 175 gramas e que combina a destreza do futebol americano com a finta e a marcação do basquete. O objetivo do jogo é chegar com o disco nas zonas de gol que ficam localizadas nas extremidades do campo.

Duas equipes de sete jogadores cada, competem para marcar o maior número de pontos. Os integrantes das equipes, atacantes, passam o disco de um jogador para outro. Ao recebê-lo, esses devem fixar um pé de pivô (ao estilo do basquete) e passá-lo antes de 10 segundos. Os integrantes da equipe de defesa devem impedir que os atacantes recebam o disco na zona de gol.

Em Uberlândia existem dois times treinando por duas categorias diferentes. O Ventopanas é o time misto em que mulheres e homens jogam juntos. Já o Malabaris é o time feminino, mas, mundialmente, existem também as categorias open, masculino, masters (maiores de 35 anos) e sub-24. Vale ressaltar que Frisbee se trata de uma marca de uma fabricante de discos e que acabou sendo popularmente incorporada ao nome. Já o Ultimate é uma das modalidades esportivas praticadas mundialmente com o disco.

Os treinos do time misto acontecem às terças e quintas-feiras, das 17h às 18h, na Reitoria do Campus Santa Mônica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU); aos sábados, das 16h às 18h30, no Campus da Educação Física no bairro Aparecida; e domingos, das 16h às 18h30 no campo A do Parque do Sabiá. Já a categoria feminina treina aos sábados, das 15h às 16h, no campo society do campus da Educa.

Este é um dos poucos esportes no mundo que não possuem árbitros. As regras que existem servem como um guia para a prática do jogo, e não são violadas intencionalmente pelos jogadores, que são responsáveis por conhecê-las e aplicá-las dentro de campo. Existe um código de honra e respeito mútuo entre os competidores. O Utimate conta com três modalidades: quadra, grama e areia. Para as duas primeiras, é recomendado sapato próprio, tênis de esporte ou chuteira, respectivamente. Além do sapato, são necessários cones ou linhas para demarcar o campo e um disco.

O código de conduta que rege o Utimate é composto por cinco pilares, denominado como “Espirito de Jogo”. São eles o conhecimento e utilização das regras, evasão de contato físico, imparcialidade, atitude positiva e autocontrole e comunicação. Doutorando em Engenharia Elétrica pela UFU, Rodrigo Nobis da Costa Lima, de 27 anos, é atleta e capitão da equipe mista e garante que todos são responsáveis pelo jogo em si.

“Esses cinco pontos permitem que, em primeiro lugar, os jogos sejam auto arbitrados, ou seja, os juízes são os próprios jogadores e isso vale desde campeonatos regionais até mundiais. Todos os jogadores são responsáveis por conhecer as regras e fazer chamadas quando alguma situação de quebra de regra acontece”, disse Rodrigo, que completou.

“Outro aspecto importante, que é consequência do Espírito de Jogo, é a existência da categoria mista, isto é, homens e mulheres jogando juntos, em um esporte coletivo. Uma vez que o esporte preza pela evasão de contato, isso permite que pessoas de tamanho, peso e idade diferente dividam o campo sem nenhum problema”, afirmou.

Os jogadores de Ultimate prezam tanto pelo Espírito de Jogo que, em campeonatos, além da premiação classificatória regular (1º, 2º e 3º), há também a premiação por maior pontuação de Espírito, sendo essa, geralmente, a última premiação anunciada e a mais aguardada por todos.

A maioria dos atletas dos atletas que compõem as equipes mista e feminina é composta por estudantes universitários, porém há alguns estudantes do segundo grau e também pessoas já ingressadas no mercado de trabalho. Atualmente, cerca de 60 pessoas integram os treinamentos e jogos das duas equipes uberlandenses, inclusive um francês e um colombiano atuam pelo time misto. Não há restrição para comparecer aos treinos. O time é aberto a toda comunidade e qualquer pessoa apta ao esporte pode aprender e participar das equipes.
 
COMEÇO

Primeira equipe local foi criada por colombiano
O Ventopanas, time misto, foi criado em 2014 pelo atleta e treinador Nicolas Martan, que veio da Colômbia, país onde a modalidade é muito forte, para morar em Uberlândia. Ao chegar na cidade e não encontrar uma equipe de Utimate, Nicolas resolveu criar a primeira equipe uberlandense. Inicialmente, os treinos eram em uma praça no Santa Mônica e os jogadores eram crianças.

“Com o tempo, o time foi adquirindo espaço em outros lugares da cidade e a modalidade foi interessando pessoas mais velhas”, disse Ana Carolina Chicorski, de 22 anos, graduanda em História pela UFU. Ela faz parte da equipe administrativa do Ventopanas e é uma das treinadoras do Malabaris, que é o time feminino.
 
COMPETIÇÕES
Este ano, o Utimate de Uberlândia contou com a realização de dois eventos. Em março, aconteceu o torneio Chapéu Mineiro, no qual as inscrições foram individuas e os times montados de acordo com o nível dos inscritos. No mês passado, foi organizado a Taça Pindorama, evento de equipes que contou com a participação de times de cinco estados mais o Distrito Federal.

“Além desses dois torneios, nos últimos anos, os nossos atletas têm participado da Taça Brasília, que é um torneio de equipes sediado na capital federal, e do Espírito Mineiro, que é o torneio estadual de Minas”, disse Ana Carolina.

Quanto às federações que regem o Utimate, no Brasil, existem três órgãos estaduais, um deles é a Federação Paulista de Disco (FPD), a organização mais antiga e fundada em 2002. A Associação Sul-Rio-Grandense de Esportes de Disco (ASRED) foi fundada em 2019, enquanto a Associação Carioca de Disco (ACD) foi criada neste ano.

A Associação Mineira de Disco está em fase de discussão pelas equipes mineiras e deve ser criada no próximo ano. “Vale ressaltar que Minas Gerais tem times em Uberlândia, Belo Horizonte, Lavras, Juiz de Fora e São Domingos do Prata, sendo assim o estado do Brasil com o maior número de cidades em que a modalidade é praticada”, disse Ana Carolina.
 
DINÂMICA DO JOGO
O Utimate, em seu estilo de jogo, lembra o futebol americano, em que os times pontuam ao receber o disco em duas áreas de gol localizadas nas extremidades do campo. Entretanto, o jogo não tem contato, sendo essa uma diferença absoluta entre as duas modalidades.

O time que ataca tem como objetivo levar o disco de um lado do campo ao outro trocando passes, isso sem deixá-lo cair. Lembrando que o disco só avança voando, ou seja, andar com o disco nem pensar. Ao receber o disco na zona de gol adversária, o time que estava atacando marca um ponto.

O papel da defesa é tentar interceptar o disco quando ele está no ar, fazendo, assim, uma inversão de posse e passando a atacar. Os times são formados por 5 ou 7 pessoas, a depender do formato da competição. Os jogos no formato oficial vão até 15 pontos ou 100 minutos.

Como todo esporte ainda amador no Brasil, o Utimate uberlandense se sustenta com o dinheiro arrecado em eventos organizados, ou pela doação de alguns jogadores do time. As viagens e inscrições em campeonatos são bancadas pelos próprios atletas, que tiram dinheiro do próprio bolso ou fazem rifas.
 
PARTICIPAR
Para mais detalhes sobre horários de treinos e outras informações, basta entrar em contato pelo Instagram do Ventopanas ou Malabaris.
 
HORÁRIOS DE TREINOS
Ventopanas (Categoria Mista)
Quinta – 17H até 18H na Reitoria do Campus Santa Mônica
Sábado – 16H até 18H30 no Campus Educação Física da UFU (campo Society)
Domingo – 16H até 18H30 no Parque do Sabiá (campo A)*
Treinos Malabaris (Categoria Feminina)

Veja um pouco mais sobre o Ultimate Frisbee:









 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »