24/09/2019 às 07h45min - Atualizada em 24/09/2019 às 07h45min

O trabalho por trás da conservação

Atividades direcionada marcam participação de Uberlândia no evento do Ibram

ADREANA OLIVEIRA
“Sustento da vida – Um olhar sobre a cultura do milho” terá bastidores revelados | Foto: Divulgação

Quem visita um museu está com os olhares atentos para as peças, o entorno delas e todo o contexto em que estariam inseridas quando surgiram. Mas, como foi que aqueles artefatos sobreviveram ao tempo? Como foram preservados, onde foram encontrados e principalmente, o que precisa ser feito para que não se percam na história?

Com essas e outras perguntas Uberlândia participa nesta semana da 13ª Primavera dos Museus, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), que neste ano traz a temática: “Museus por dentro, por dentro dos museus”. Esta é a 12ª participação de nosso município neste evento.

“Preparamos dois dias de atividades voltadas para os bastidores do trabalho em um museu, a importância do museólogo e do restaurador e a carência que o mercado tem desses profissionais, afinal, são poucas as universidades que oferecem esta formação”, disse Thaís Tormin, diretora do Museu Municipal, em entrevista ao Diário de Uberlândia.

Foram reservadas 20 vagas para as atividades direcionadas desta terça (24) e quarta-feira (25) no próprio Palácio dos Leões e na Reserva Técnica do acervo histórico. Até o início da tarde de ontem 19 já haviam sido preenchidas. A programação inclui também atividades práticas.

“Estamos muito felizes com a procura por essas atividades. Nossa ideia é atrair mais pessoas para que conheçam um pouco mais das particularidades do trabalho museal e, quem sabe, conquistar jovens que se interessem neste setor para suas carreiras”, afirmou Thaís.

Até sexta-feira, as visitas à exposição temporária em cartaz no Museu Municipal, “Sustento da vida – Um olhar sobre a cultura do milho”, contarão com explicações mais detalhadas sobre a concepção da mesma, como foi feita a montagem, o pensamento intrínseco na estrutura e todo o processo de preparação até que o trabalho chegue aos olhos do espectador.

Situado na Praça Clarimundo Carneiro, o Museu Municipal, de janeiro a agosto deste ano, recebeu 7.571 visitantes, que conheceram os itens divididos em 11 categorias: Amostra e Fragmento, Armaria, Castigo, Comunicação, Interior, Lazer e Desporto, Objeto Cerimonial, Objeto Pecuniário (relativos ao dinheiro), Objeto Pessoal, Ofício e Trabalho, Transporte.

Em maioria, as peças do Museu foram adquiridas pela Prefeitura em 1984 da coleção de Argemiro Costa. O acervo é complementado por meio de doações da comunidade. Muitos dos itens ficam na Reserva Técnica, um espaço anexo onde são feitas pesquisas, análise, higienização, conservação e, quando necessário, reparo ou restauração.

SERVIÇO

O QUE: 13ª Primavera dos Museus
LOCAL: Museu Municipal de Uberlândia
QUANDO: de terça (24) a sexta-feira (27), das 8h às 17h30
INFORMAÇÕES: 3214-0068

PROGRAMAÇÃO 13ª SEMANA NACIONAL DOS MUSEUS

Terça-feira (24)
Horário: 9h às 12h
Atividade: Atendimento na Reserva Técnica - Responsável Técnica: Vânia Candelot
PRIMEIRA PARTE:
Projeto Conceitual do Museu Municipal de Uberlândia
Projeto Conceitual do Setor de Documentação
Ética do profissional do Setor de Documentação
SEGUNDA PARTE:
Processo de Tombamento dos objetos do Museu Municipal de Uberlândia
Documentação do Bem Imaterial
Como documentar mesmo que não exista um sistema de integrado de informações.
TERCEIRA PARTE:
Explicação sobre os inventários:
Inventário Anual
Inventário de Registro
Inventário de Categorias
Inventário Argemiro Costa
Inventário de Doadores
Inventário de Mostras
QUARTA PARTE:
Visita guiada reserva Técnica


QUARTA-FEIRA (25)
Horário: 9h às 12h
Atividade: Apresentação dos conceitos de conservação e restauração e demonstração do trabalho realizado no acervo do museu - Responsável técnica: Juliana Pavesi
PRIMEIRA PARTE:
Formação do profissional no Brasil
Conceitos de Preservação, Conservação e Restauração
Diferentes linhas de conduta da profissão
O ofício do conservador-restaurador
Uso de EPIs
Responsabilidades e tomadas de decisões
Diferentes tipos de materiais
SEGUNDA PARTE:
O tratamento das peças do acervo do Museu Municipal de Uberlândia
A importância do trabalho para o Museu Municipal de Uberlândia
Exemplos de casos
TERCEIRA PARTE (PRÁTICA):
Discussão sobre a importância/responsabilidade da tomada de decisão e linha de conduta adotada pelo conservador-restaurador
Demonstração do processo conservativo antes, durante e pós tratamento
Demonstração do processo de conservação em peça do acervo.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »