23/07/2019 às 08h04min - Atualizada em 23/07/2019 às 08h04min

Ex-UEC conquistam acesso à série C do Brasileiro

Jhulliam soma 2ª subida no ano, enquanto Fajardo quebra favoritismo do Caxias (RS)

EDER SOARES
Após conquistar acesso, Fajardo diz que meta do Manaus é o título da Série D | Foto: Divulgação

Terminou a fase que era considerada a mais importante da Série D do Campeonato Brasileiro. Estão definidas as quatro equipes que farão as semifinais e, consequentemente, as que conquistaram o maior objetivo, o acesso para a Série C de 2020. Manaus (AM) x Jacuipense (BA) e Brusque (SC) x Ituano (SP) voltam a entrar em campo no próximo final de semana buscando uma vaga na final da quarta divisão nacional. Como o Diário de Uberlândia já vinha acompanhando, alguns conhecidos do torcedor do Uberlândia Esporte Clube (UEC) obtiveram sucesso por suas atuais equipes.

O primeiro deles é o centroavante Jhulliam, que neste ano foi artilheiro do Verdão no Módulo II do Mineiro, assinalando 12 gols e ajudando no acesso para a elite do estadual. Desta vez, ele ajudou o Jacuipense a eliminar o Floresta (CE) e dessa forma terminará 2019 com dois acessos no currículo.

“Está sendo um ano realmente abençoado por Deus. Primeiro tive a honra de vestir a camisa do Uberlândia e subir para a primeira divisão do Mineiro. Agora, eu pude ajudar o Jacuipense, que é do meu estado, a disputar a Série C no ano que vem. Estou muito feliz e só tenho a agradecer por tudo o que tem acontecido”, disse.

No norte do Brasil, o técnico Wellington Fajardo, que treinou o Verdão por cinco vezes, comandou o Manaus no acesso inédito para a terceira divisão brasileira. A equipe da capital amazonense contou com uma Arena Amazônia tomada por mais de 44 mil torcedores para bater o Caxias (RS), por 3 a 0. Além de Fajardo, o Manaus conta com o diretor de futebol Ângelo Márcio, que foi goleiro e diretor do UEC, o zagueiro Martony, o lateral esquerdo Vandinho, o volante Ezequiel e o meia Jean, todos com passagem pelo CT Ninho do Periquito. Jean, que é natura de Vazante (MG) e ficou por quatro anos no UEC, assinou contrato com o Goiás para disputar a Série A do Brasileiro.

Contente pelo resultado, Fajardo garante que o primeiro objetivo foi alcançado, mas agora o time quer o título. “Foi uma festa realmente linda e que brindou a grande temporada que este time vem fazendo. Pegamos um adversário muito duro, de tradição, que é o Caxias, mas prevaleceu a nossa organização e força de vontade. Agora é lutar pelo título”, afirmou.

SUL
Enquanto isso, no sul do Brasil, o volante/lateral Rodney, que deixou boa impressão no Verdão no ano de 2017, quando o time conquistou vaga para a Série D e Copa do Brasil, ajudou o Brusque a eliminar o Juzeirense (BA) aplicando uma sonora goleada de 4 a 0, jogando em Santa Catarina.
 
 

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »