18/07/2019 às 09h18min - Atualizada em 18/07/2019 às 09h18min

Edital destina R$ 5,6 milhões para programa de projetos culturais em Uberlândia

Inscrições para o Pmic estão abertas a partir do dia 20 de agosto

DA REDAÇÃO
Propostas devem ser entregues na Secretaria Municipal de Cultura, no Bairro Santa Mônica. | Foto: arquivo/ Diário de Uberlândia

A Prefeitura de Uberlândia publicou, nesta quarta-feira (17), o edital do Programa Municipal de Incentivo à Cultura 2020 (Pmic) no Diário Oficial do Município. Esta edição conta com R$ 5,6 milhões para serem investidos nos projetos, sendo R$3,1 milhões oriundos do Fundo Municipal de Cultura e R$ 2,5 milhões do Incentivo Fiscal.

 

As inscrições dos interessados acontecem entre 20 de agosto a 3 de setembro deste ano. As propostas devem ser entregues de segunda a sexta-feira, das 12h às 17h, na Secretaria Municipal de Cultura, situado na Avenida Anselmo Alves dos Santos, nº. 600, no Bairro Santa Mônica.

 

Podem concorrer projetos nas seguintes áreas artístico-culturais: artes visuais e histórias em quadrinhos; artesanato e design; audiovisual, fotografia, comunicação, cultura digital, jogos analógicos e virtuais; biblioteca, arquivo, galeria, museu e centro cultural; circo; cultura afro-brasileira, etnia indígena e outras etnias; culturas tradicionais, folia de reis e quadrilha; dança; literatura, leitura e contação de histórias; música; patrimônio cultural, histórico e artístico; teatro e ópera.

 

É possível se inscrever com até dois projetos para cada mecanismo, Fundo Municipal de Cultura ou Incentivo Fiscal. Para mais informações e orientações acerca da elaboração de projetos, é necessário entrar em contato com o Núcleo de Gestão do PMIC de forma presencial na Secretaria Municipal de Cultura, pelo e-mail [email protected], ou pelo telefone (34) 3239-2952.

 

INCENTIVO

A iniciativa teria como objetivo “promover a captação e canalização de recursos para o setor cultural, de modo a estimular a realização de projetos artístico-culturais no município”. O recurso disponibilizado aumentou de R$ 3,6 milhões em 2017/2018 para R$ 5,6 milhões em 2019/2020.

 

De acordo com a secretária de Cultura, Mônica Debs, a parte de políticas públicas está sendo cumprida, agora está nas mãos da classe artística a realização de bons projetos, formando uma cadeia produtiva enorme, qualificando as pessoas e redistribuindo esse dinheiro em ações culturais”.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »