14/02/2016 às 09h17min - Atualizada em 14/02/2016 às 09h17min

Pacotão do Bota: Jefferson "sortudo", chutão de Carli e teatro do autor do gol

Na vitória por 1 a 0 sobre o Resende, goleiro alvinegro vê duas bolas baterem na trave, argentino acerta menino na arquibancada, e Luis Henrique simula pênalti

O jogo foi morno, mas o Botafogo segue com 100% de aproveitamento no Grupo B do Campeonato Carioca. Venceu as quatro partidas. A última vítima foi o Resende, que não se deu como derrotado facilmente. O único gol do jogo foi marcado por Luis Henrique. Além disso, Jefferson teve sorte ao ver duas bolas baterem na trave. Os argentinos Joel Carli e Núnez, o "Yacaré", protagonizaram lances curiosos (veja os melhores momentos no vídeo acima).

recuou?


O lance deixou certa dúvida, mas Jefferson agiu naturalmente quando Joel Carli tocou na bola com os pés, dentro da pequena área, após cruzamento rasteiro do Resende no primeiro tempo. O goleiro pegou a bola com as mãos. Foi um recuo do argentino? O capitão alvinegro garantiu que não.

se jogou!

And the Oscar goes to... Luis Henrique! No primeiro tempo, marcou o único gol do jogo. No segundo, o jovem atacante do Botafogo foi lançado na grande área, mas se jogou no chão na hora de driblar o goleiro. Levou cartão amarelo por causa da simulação.

que sorte, jefferson

Jefferson foi amigo da trave no confronto. Foram duas situações: Kim arriscou um lindo chute de fora da área, a bola bateu na trave e rebateu no goleiro alvinegro, que conseguiu segurá-la. No outro lance, Robinho cobrou falta direto, e Jefferson só observou a bola balançar a trave à sua direita. Ufa!

que isso, NÚÑEZ?

Luis Henrique ficou na bronca com o argentino Núñez. E com razão. O "Yacaré" recebeu em contra-ataque, avançou e, em vez de tocar para o jovem atacante, livre na grande área, tentou o drible e foi facilmente desarmado.

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »