05/07/2019 às 07h57min - Atualizada em 05/07/2019 às 07h57min

Time de softbol de Uberlândia se prepara para Torneio Nacional

Uberlandenses conquistaram o vice-campeonato do Torneio da Amizade, em São Gotardo

EDER SOARES
Equipe de Uberlândia ainda não dispõe de um campo adaptado às regras do softbol | Foto: Divulgação

A Associação Uberlandense de Basebol e Softbol (AUBS) segue os treinamentos no Poliesportivo Canaã visando ao restante do calendário de competições do ano. A equipe terá pela frente as disputas do Campeonato Nacional, desafio mais importante do ano, que acontecerá no próximo mês em Ibiúna (SP) e que terá a participação de 15 equipes de todo o Brasil. Depois, a preparação voltará para as competições de 2020, como os torneios de Carmo do Paranaíba, em abril, e de São Gotardo, em junho.

Segundo Giovani Gonzáles, tesoureiro e jogador, as próximas competições serão importantes para acostumar a equipe a jogar em campos apropriados para o softbol, já que Uberlândia ainda não conta com uma estrutura adequada às regras do esporte. Gonzáles explica que o sonho do clube é adquirir ainda neste ano o terreno para a construção de dois campos oficiais para a modalidade.

“Queremos fortalecer a prática do beisebol e softbol em terreno apropriado, visto que em Uberlândia é impossível treinar pela péssima qualidade dos locais destinados para a prática do esporte. Nossa cidade já deveria ter seus campos de beisebol apropriados. Por isso estamos buscando em caráter urgentíssimo e emergencial o espaço adequado para construirmos nosso campo, com piso adequado, tamanhos adequados e formato adequado”, disse.

Mesmo sem a infraestrutura apropriada, o elenco do time de softbol de Uberlândia conseguiu no último final de semana, no Torneio da Amizade de São Gotardo, um resultado que considera como se fosse um título. A equipe foi vice-campeã da competição, uma das principais do estado de Minas Gerais e que reuniu 10 equipes de Minas e do Distrito Federal.

Depois de vencer três jogos na fase de classificação, a AUBS acabou derrotada na final para os donos da casa, equipe que tem forte influência do Japão, uma das potências do softbol no mundo. “Foi um grande resultado, mesmo porque fomos a única equipe presente que não treina em um campo oficial. Para o segundo semestre de 2020, outro objetivo que temos é o de trazer um campeonato estadual para Uberlândia. Por isso estamos correndo para que consigamos o mais rápido possível uma área para construir o nosso campo. É claro que agradecemos a Futel por ceder o espaço ao nosso time e isso tem nos ajudado muito”, disse Gonzáles.

O grupo de aproximadamente 25 jogadores treina no Poliesportivo do bairro Canaã, cedido pela Futel, às terças e quintas, das 19h às 21h, e aos sábados a partir das 17h. O espaço é aberto para quem quiser conhecer e começar a praticar o esporte. A AUBS não cobra mensalidade de iniciantes e somente os atletas mais antigos pagam um valor simbólico para ajudar nas despesas com equipamentos. O softbol tem custos altos e é considerado esporte elitista no Brasil.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »