29/05/2019 às 08h00min - Atualizada em 29/05/2019 às 08h00min

Seminário sobre economia da cultura está com inscrições abertas

DA REDAÇÃO
A futurista Rosa Alegria ministrará uma das palestras programadas para o evento (Reprodução YouTube)
Já estão abertas as inscrições para os interessados em participar da 11ª Semana da Cultura Popular e o 4º Seminário de Economia da Cultura que acontecerão, em junho, em Uberlândia e Ouro Fino. O evento reunirá profissionais, empreendedores, representantes do governo, estudantes, artistas e pessoas envolvidas com a arte e a cultura em uma programação diversificada com debates, palestras, talks-shows e apresentações artísticas.

Em Uberlândia o encontro acontece entre 17 e 19 de junho e o tema escolhido desta edição é “O futuro, o emprego e a cultura”. Segundo Rubem dos Reis, produtor cultural e idealizador do evento, a proposta é debater o papel da cultura num momento em que o emprego da forma como conhecemos está ameaçado de extinção pela mudança na natureza do trabalho, pela implantação de novas tecnologias, de novas fontes de energias e mudança na forma de ocupação do solo.

Para Reis, o encontro busca levantar as reflexões como: de que maneira a cultura poderá ajudar a absorver os impactos destas mudanças drásticas que ameaçam o emprego? Como a cultura pode contribuir para um modelo de desenvolvimento mais sustentável e eficiente? Qual o papel da cultura na geração de ocupação e de renda? Como estabelecer métricas que viabilizem medir a efetividade da cultura?

Já estão confirmados grandes nomes para o Seminário. O produtor musical, compositor, cantor e poeta, Makely Ka, ficará responsável por conduzir aulas-show. A futurista, Rosa Alegria, conduzirá a palestra: “O futuro em tempos de complexidade e transformação digital e o papel da arte e da cultura na geração de ocupação e renda”; a representante da Unesco, Virgínia Casado falará sobre “Cidades Criativas”; o superintendente de interiorização e ação cultural da Secretaria Estadual de Cultura de Minas Gerais, Felipe Rodrigues Amado, atualizará os participantes sobre a nova lei de incentivo, a cultura e a geração de ocupação e renda; além disso, haverá participações de artistas, professores universitários, produtores culturais entre outros profissionais que abordarão assuntos pertinente ao tema central do Seminário.

A programação com os horários e locais devem ser divulgadas nos próximos dias. Para se inscrever acesse:
facebook.com/seminariodeeconomiadaculturauberlandia.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »