15/05/2019 às 09h25min - Atualizada em 15/05/2019 às 09h25min

Questionamento em forma de arte

ADREANA OLIVEIRA
A artista Luciana Arslan faz performance artística a favor da educação (Paulo Augusto/Divulgação)
O espaço da praça Tubal Vilela, em Uberlândia, será hoje, a partir das 15h, palco para um momento de questionamento e movimentação em favor da educação pública de qualidade para os brasileiros, que tem sofrido com cortes nos investimentos.

Várias entidades profissionais e instituições de ensino brasileiras participam da greve nacional da educação programada para hoje. Neste dia, como parte do ato em defesa da educação, ciência e tecnologia públicas e da liberdade de ensinar e aprender, Associação dos Docentes da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) promove a intervenção artística “BalbUDIa”, idealizada pela artista e pesquisadora Luciana Arslan.

Segundo ela, a inspiração vem de composições corporais para espaços públicos. Esta intervenção artística é parte da pesquisa “corpo docente” realizada na UFU, que propõe uma atenção aos aspectos somáticos (corporais) implicados nos processos de ensino-aprendizagem.

A artista convida toda a comunidade para participar da programação. Basta chegar até as 15h, levar uma cadeira, banco ou puff para se sentar, um livro e ter disponibilidade para ficar lendo por 30 minutos. “A praça Tubal Vilela será transformada em uma gigantesca sala de estudos”, disse Luciana.

Os participantes/leitores irão se organizar na praça em fileiras. O fotógrafo Paulo Augusto fará o registro da performance.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »