08/05/2019 às 08h05min - Atualizada em 08/05/2019 às 08h05min

Atletismo paralímpico fatura medalhas em competição nacional

Evento para pessoas com deficiência intelectual aconteceu no final de semana em São Paulo

DA REDAÇÃO
(Divulgação)
Os atletas da equipe Atletismo Paralímpico Uberlândia, mantida pela parceria Aparu/Apuv/Futel/Sesi, conquistaram medalhas e bateram recordes no Meeting Brasileiro de Atletismo para atletas com deficiência intelectual. Os competidores retornaram para a cidade com dois ouros, duas pratas e dois bronzes, além de um recorde mundial no heptatlo e um recorde brasileiro no lançamento de dardo. O evento aconteceu em São Paulo, entre sexta (3) e domingo (5), e contou com a participação de seis atletas da equipe.

Wellington Fernandes foi o grande destaque da competição ao conquistar não apenas o ouro no heptatlo, como também ter batido o recorde mundial na modalidade, com 4.235 pontos. O recorde anterior era de um atleta de Portugal, com 4.132 pontos. Ana Luiza Fonseca bateu o recorde brasileiro no lançamento de dardo na classe T20, com 28,26m, ficando com o ouro. Além disso, a atleta também foi prata no lançamento do dardo.

Já Leandro de Jesus foi prata nos 400m com barreira e bronze no heptatlo. Por fim, no revezamento 4x400m a equipe Atletismo Paralímpico de Uberlândia terminou com o bronze. “Tivemos esses grandes destaques, com duas quebras de recorde. Resultados expressivos para o atletismo paralímpico de Uberlândia, especialmente porque tivemos provas muito fortes. Agora já é esperado que o Wellington seja convocado para o Mundial de Atletismo, que acontecerá em outubro na Austrália”, explicou Leandro Garcia, técnico da equipe.

BOCHA

Os representantes do Bocha Paralímpica da equipe CDDU/Futel retornaram para casa com a medalha de Bronze. Mateus Rodrigues Carvalho e seu calheiro Oscar Carvalho trouxeram na bagagem a premiação conquistada na competição por pares, no Open Mundial de Bocha Paralímpica, realizado na cidade de Montreal no Canadá.

Na competição individual Mateus e Oscar ficaram em 4º lugar. A dupla é atual campeã brasileira da classe BC3 e treinam no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) com o técnico da Futel Glênio Fernandes.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »