30/04/2019 às 07h36min - Atualizada em 30/04/2019 às 07h36min

Leclerc brilha mais que Vettel na Ferrari mesmo ficando atrás do alemão

Jovem progídio da F1 tem feito boa campanha no mundial no ano

FOLHAPRESS
(Kymillman/F1)
O jovem Charles Leclerc largou na oitava posição neste domingo (28), no GP do Azerbaijão, e conseguiu terminar a quarta corrida da temporada da Fórmula 1 na quinta colocação. Apesar de terminar atrás de Sebastian Vettel, terceiro colocado, Leclerc brilhou mais que o companheiro de equipe, após fazer uma corrida de recuperação em um fim de semana conturbado para o monegasco. "Tínhamos o potencial de fazer mais. Às vezes isso acontece. Lewis e Bottas me passaram, estava com pneus usados. Preciso ver na telemetria para ver porque fiquei tanto tempo na pista", afirmou Leclerc.

Favorito ao pódio no início do fim de semana, após ter boa performance nos treinos livres, Leclerc acabou se envolvendo em acidente durante o treino classificatório, no sábado, e precisou largar longe dos principais concorrentes em Baku. "Isso não me faz esquecer do erro de ontem [domingo]. É um novo dia, já estou pensando à frente. Definitivamente eu tenho que aprender", disse o jovem, que mostrou ainda estar incomodado com o erro no classificatório.

Mesmo largando longe do pelotão principal, Leclerc mostrou ser um dos pilotos mais arrojados da categoria e rapidamente ganhou posições. Na largada, o monegasco caiu para décimo, mas conseguiu alcançar a liderança da prova após os primeiros quatro colocados irem aos boxes. Apesar do bom ritmo, o jovem teve o desgaste dos pneus jogando contra e precisou parar, fazendo com que Valtteri Bottas voltasse a ficar com a liderança da prova.

Apesar da estratégia da Ferrari, que não deu certo, e de ficar longe do pódio, Leclerc ganhou elogios de sua equipe e de seu companheiro Sebastian Vettel, por realizar uma corrida de recuperação e, de quebra, ainda realizar a volta mais rápida da prova, o que lhe garante um ponto extra na classificação. Vettel, por sua vez, fez corrida segura, e não chegou a ser incomodado por Max Verstappen, quarto colocado.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »