10/04/2019 às 09h00min - Atualizada em 10/04/2019 às 09h00min

CBV confirma datas para final entre Minas e Praia

Equipes mineiras fazem primeiro duelo no dia 21 deste mês, em Belo Horizonte

EDER SOARES
Praia eliminou o Sesi/Bauru após ter duas vitórias na série melhor de três das semifinais (Kelly Honorato/Divulgação)
Os jogos semifinais da Superliga Feminina de Vôlei foram superados e agora o Dentil/Praia Clube volta o foco para a disputa de sua terceira final na maior competição do voleibol brasileiro, isto nas quatro últimas edições. O adversário do atual campeão nacional será um velho e bom conhecido, o arquirrival Minas Tênis Clube.

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) divulgou ontem a data e os horários dos jogos. A primeira partida da final acontece em Belo Horizonte, no dia 21 deste mês, um domingo, às 11h. Já o segundo confronto está marcado para o dia 26, uma sexta-feira, às 21h30, na Arena Sabiazinho. Caso necessário, o terceiro jogo ocorre no dia 3 de maio, uma sexta, às 21h30, em Belo Horizonte. 

As duas equipes terminaram a fase de classificação nas duas primeiras colocações, com o Minas líder e o Praia em segundo lugar, com uma diferença mínima de apenas um ponto. Jamais duas equipes mineiras fizeram uma final da Superliga.

O Minas eliminou o Curitiba, nas quartas, e depois tirou da competição o Osasco, nas semifinais, enquanto o Praia atropelou Fluminense e Bauru. As duas equipes mineiras não deram chances aos adversários nas duas fases anteriores dos playoffs, aniquilando a série de três jogos por 2 a 0, sem a necessidade do terceiro confronto.

ÚLTIMO JOGO

Na noite da última segunda-feira (8), o Praia Clube simplesmente atropelou a equipe do Sesi/Bauru, que precisava vencer o confronto para forçar o terceiro confronto. Com a Arena Praia lotada, as meninas do Praia derrotaram as paulistas por 3 sets a 0 (parciais de 25/18, 25/21 e 25/14), fechando a série a semifinal em 2 a 0.

A ponteira Fernanda Garay foi a maior pontuadora da equipe, com 16 acertos durante o duelo, que durou 1h28. A central Carol, por sua vez, foi eleita a melhor em quadra pela torcida e levou para casa o Troféu Viva Vôlei. Para ela, a alegria de conquistar uma vaga na final do torneio é singular. 

"Acredito que nossa vitória veio, principalmente, de estudo. Conseguimos aplicar os ensinamentos dentro de quadra e neutralizar as melhores jogadoras do Bauru. Conseguimos imprimir um bom ritmo de saque, o que dificultou um pouco para a Fabíola, que é uma grande levantadora e está de parabéns. Estou muito feliz pela evolução do nosso elenco não só tecnicamente, mas também como grupo”, disse a central.

Para o técnico Paulo Coco, o sentimento é de gratidão por estar pela segunda vez consecutiva em uma final da Superliga com o plantel do Dentil/Praia Clube. "O time ganhou um padrão. Está errando bem menos nas situações ofensivas, principalmente o sistema de recepção, e está mais equilibrado. Evoluímos nessa reta final, mas sabemos que ainda tem muita coisa para acontecer. É só mais um passo alcançado, mais uma etapa concluída. Agora, é descansar e nos preparar para a final, que sabemos que não será fácil”, afirmou.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »