03/04/2019 às 08h27min - Atualizada em 03/04/2019 às 08h27min

Praia e Minas caminham para possível final inédita na Superliga

Time de Uberlândia faz a segunda partida contra Bauru na próxima segunda em casa

DA REDAÇÃO
Praia não teve dificuldades para vencer o Bauru no ginásio Panela de Pressão (Marcelo Ferrazoli/Sesi Vôlei Bauru)
O Dentil/Praia Clube e o Minas Tênis começaram com vitória o playoff melhor de três partidas das semifinais da Superliga Feminina e podem confirmar uma final mineira inédita, já na segunda rodada que acontece na próxima segunda-feira (8). Na noite da última segunda (1º), as duas melhores equipes da primeira fase da competição venceram seus confrontos e saíram em vantagem sobre os adversários.

O time de Uberlândia venceu o Sesi Bauru (SP) por 3 sets a 0 com parciais de 25/15, 25/15 e 25/20, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP). Já a equipe de Belo Horizonte superou o Osasco (SP) por 3 sets a 1, parciais de 24/26, 25/15, 25/17 e 25/13, na Arena Minas.

No jogo do Praia Clube, a ponteira Michelle teve atuação segura, foi a mais votada no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu Viva Vôlei. A oposta norte-americana Fawcett também se destacou e foi a maior pontuadora do confronto, com 18 pontos (11 de ataque, quatro de saque e três de bloqueio). Ao final do duelo, a ponteira Michelle comentou sobre a atuação das mineiras no primeiro duelo da série.

“Nossa equipe está de parabéns porque cumprimos tudo que foi pedido pelo Paulinho (treinador). Nosso sistema de bloqueio e defesa funcionou e o nosso saque entrou durante a partida. Estamos um passo na frente no playoff. O jogo aqui foi muito difícil. Queremos fazer uma grande partida em Uberlândia, mas sabemos que não tem nada definido. Vamos continuar estudando a equipe delas porque será ainda mais difícil na próxima segunda-feira”, disse Michelle.

Pelo lado do Sesi Vôlei Bauru, a central Valquíria lamentou o resultado e falou da sequência do playoff.  “Realmente não conseguimos desenvolver nosso melhor jogo. Agora temos uma semana para nos prepararmos, analisarmos o que não deu certo e corrigir os erros para chegarmos bem para o segundo jogo”.
 
MINAS X OSASCO
 
No segundo jogo, o Minas contou com uma atuação inspirada da levantadora Macris, que ficou com o Troféu Viva Vôlei após votação popular. A ponteira Gabi foi a maior pontuadora do confronto, com 17 pontos (nove de ataque, dois de saque e seis de bloqueio). A levantadora Macris comentou sobre o resultado e elogiou a atuação do grupo de Belo Horizonte. “Foi um começo muito bom, mas temos que manter a atenção porque a série é longa. Agora temos que descansar e seguir treinando forte porque sabemos do poder de reação do Osasco-Audax. É hora de seguirmos concentradas e focadas no nosso jogo”, afirmou Macris.

No Osasco, a central Walewska fez uma análise da partida e convocou o torcedor para o duelo da próxima semana. “Não conseguimos jogar bem taticamente aqui em Belo Horizonte, com falhas no bloqueio e defesa. Nosso saque também não teve a eficiência, a agressividade necessária contra um time que joga em velocidade. Mas agora vamos jogar em casa e convoco todos os torcedores osasquenses a lotar o ginásio e nos ajudar a empatar essa série semifinal”, disse Walewska. 
 
SEMIFINAL
 
PRIMEIRA RODADA
01.04 (SEGUNDA-FEIRA) – Bauru 0 x 3 Praia Clube
01.04 (SEGUNDA-FEIRA) Minas 3 x 1 Osasco
 
SEGUNDA RODADA
08.04 (SEGUNDA-FEIRA 19H) – Praia Clube x BaurU
08.04 (SEGUNDA-FEIRA 21H30) – Osasco x Minas
 
TERCEIRA RODADA – SE NECESSÁRIO
11.04 (QUINTA-FEIRA 20H30) – Praia Clube x Bauru
12.04 (SEXTA-FEIRA 21h30) – Minas x Osasco

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »