08/03/2019 às 08h15min - Atualizada em 08/03/2019 às 08h15min

Praia e Minas voltam a brigar pela liderança da Superliga

Equipe uberlandense vem de quatro derrotas seguidas para o arquirrival, sendo três delas em finais

EDER SOARES
Para voltar a liderar a competição, Dentil precisa vencer por diferença de três sets | Foto: Praia Clube/Divulgação
O sistema defensivo é o que mais preocupa o Dentil/Praia Clube para o confronto desta noite, às 21h30, em Belo Horizonte, que vale a liderança da Superliga Feminina de Vôlei. O time uberlandense encara a rápida equipe do Minas Tênis, que lidera a competição somando 52 pontos, dois a mais do que o Praia. O confronto é válido pela décima rodada e será transmitida ao vivo pelo SporTV2.

Se o Praia vencer por uma diferença de três sets retomará a liderança da competição, mas para isso precisará quebrar um tabu de quatro derrotas seguidas para o seu maior rival, sendo três finais válidas pelos campeonato Mineiro, Sul-Americano e Copa Brasil, além de um confronto do turno da Superliga, em plena Arena Praia.

O técnico Paulo Coco garante que a equipe não encara o confronto como um peso em função da série de derrotas para o Minas. “Cada partida tem a sua história. O Minas vem de uma grande temporada, sempre jogando de forma equilibrada, é um time difícil de se enfrentar e vem levando vantagem sobre a gente. Mas estamos treinando para melhorar e ganhar uma consistência durante esta reta final. Acho que o que ficou para trás ficou, a briga pela primeira colocação está aberta e vamos em busca disso”, disse Coco que falou ainda sobre a necessidade melhorar a defesa diante do adversário.

“Estamos buscando um equilíbrio entre os sistemas. Estamos tentando melhorar o nosso sistema defensivo, que está um pouco abaixo em relação ao nosso sistema de ataque. Precisamos equilibrar a nossa saída de bola, quesito que pecamos um pouco na última partida contra o Minas”, afirmou.
A líbero Suelen é uma das responsáveis pelo equilíbrio da defesa praiana e ainda ajudar no volume de jogo. “Acho que a defesa precisa melhorar até mesmo pelo ataque rápido que tem o Minas. A gente ajudando na defesa, isso irá equilibrar o time como um todo. Acho que todas as equipes nos preocupam, só que agora é contra um time que não conseguimos vencer. É um jogo de uma fase classificatória que precisamos entrar um pouco mais focadas para conseguir vencer e pegar a liderança”, diz.

Depois de enfrentar o Minas, o Praia terá mais duas partidas antes de encerar a sua participação na fase classificatória. O time enfrentará o Barueri, fora de casa, na próxima terça-feira (12), e depois faz o clássico da competição diante do Sesc Rio, dia 15, na Arena Praia.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »