01/03/2019 às 08h03min - Atualizada em 01/03/2019 às 08h03min

Conmebol libera, e Galo levará jogos ao Mineirão

Além de faturar mais, diretoria quer evitar problemas com o América

FOLHAPRESS
Galo volta a mandar jogos pela Libertadores no Mineirão (Divulgação)
O Atlético-MG foi autorizado a mandar a partida contra o Cerro Porteño (PAR) na próxima quarta-feira (6), pela Taça Libertadores, no Mineirão. O clube fez a solicitação antes mesmo de se garantir na fase de grupos do torneio e obteve a resposta ontem.
Os mineiros haviam indicado o estádio Independência como local para mando das partidas. No entanto, antes mesmo de garantir a vaga no grupo E da competição, no empate sem gols com Defensor Sporting (URU) na quarta (27), o presidente Sérgio Sette Câmara havia solicitado a alteração.
O pedido de mudança do Atlético se deu por dois motivos. A diretoria crê que pode faturar mais com a alteração de estádio e também tenta evitar problemas futuros com o América-MG, proprietário da Arena Independência. Os americanos se queixam do fato de seu escudo ficar encoberto quando há jogos do Atlético no estádio.

"Uma questão que gostaria de comentar com vocês. Sei que não é só o torcedor do Atlético que gostaria de jogar no Mineirão, é a dificuldade que a gente vem encontrando na Libertadores nos jogos no Independência. Esse tipo de situação vem nos incomodando muito. Não há compreensão por parte do América com a decisão da Conmebol [de cobrir o escudo do clube]", comentou.
"Também por esse motivo, vamos começar a mandar jogos no Mineirão. Nós já estamos encaminhando para mandar o jogo contra o América no Mineirão também. É muito complicado jogar aqui. No ano passado, o Salum abriu mão por parte de arquibancada. É uma tendência o Atlético começar a mudar a sua casa para o Mineirão", completou.
 
Além do Cerro Porteño, o Atlético tem como adversários no Grupo E o Nacional, do Uruguai, e Zamora, da Venezuela.
“Estamos classificados, sempre como tem que ser, com sofrimento, um pouco, e, agora, entramos na Libertadores. E já tivemos uma boa amostra do que vai acontecer. Tivemos alguns sustos e acho que isso foi importante. Vamos entrar mais bem preparados”, disse o técnico Levir Culpi.
O capitão Réver também valorizou a classificação: “O maior objetivo do primeiro semestre foi alcançado, que era a classificação para a fase de grupos da Libertadores. Temos que exaltar o que foi feito de bom nesses quatro jogos que tivemos e levar alguns ensinamentos que tiramos. É valorizar a nossa classificação e focar nessa fase de grupos porque, agora, o buraco fica mais embaixo”, destacou.
 
Tabela do Atlético no Grupo E
 
6/3 (quarta-feira) – 19h15 – Atlético x Cerro Porteño – Belo Horizonte
12/3 (terça-feira) – 21h30 – Nacional x Atlético – Montevidéu (URU)
3/4 (quarta-feira) – 19h15 – Atlético x Zamora – Belo Horizonte
10/4 (quarta-feira) – 19h15 – Cerro Porteño x Atlético – Assunção (PAR)
23/4 (terça-feira) – 21h30 – Atlético x Nacional – Belo Horizonte
7/5 (terça-feira) – 19h15 – Zamora x Atlético – Barinas (VEN)

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »